So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Gases primitivos 'engordaram' galáxias

Gases primitivos 'engordaram' galáxias
Astrofísicos europeus descobriram um dos mecanismos que tornaram galáxias cada vez maiores, conforme o universo envelheceu.


Quando se formaram, menos de mil milhões de anos após o Big Bang, as primeiras galáxias tinham uma dimensão muito menor do que as mais tardias, como é o caso da Via Láctea. Havia a ideia de que estes sistemas se tornaram gigantescos devido à fusão entre galáxias, mas um grupo de investigadores europeus veio agora propor mais uma teoria: elas cresceram, "aspirando" também o hélio e o hidrogénio gelado que as circundava.

Num artigo publicado hoje na revista Nature, a equipa de astrónomos liderada por Giovanni Cresci, do observatório astrofísico italiano de Arcetri, apresenta os resultados das suas observações de três galáxias distantes com os telescópios VLT do European Southern Observatory (ESO), no Chile.

À medida que o universo se expandiu e envelheceu - a sua idade estimada pelos astrónomos está entre os 13 e 14 mil milhões de anos -, as galáxias foram crescendo em dimensão. Os cientistas tinham a ideia de que esses sistemas gigantescos poderiam ser o produto da fusão entre duas galáxias, mas afinal este não é o único mecanismo aí envolvido.

"Os novos resultados do VLT constituem a primeira prova directa [de que a integração pelas galáxias] "do gás prístino realmente ocorreu e foi suficiente para alimentar a formação de estrelas e o crescimento maciço de galáxias no universo jovem", explicou o coordenador da equipa.

Os investigadores estudaram três galáxias muito distantes para tentar detectar o fluxo de hélio e hidrogénio e conseguiram detectar sinais de que isso ocorreu: no centro dessas galáxias descobriram que havia mais gases desse tipo associados a uma intensa formação de estrelas.

DN

Sem comentários: