So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Primeira Pagina

Explosão de gás filmada em directo

Uma explosão de gás causou um morto e três feridos graves numa rua de Filadélfia, nos EUA. O acidente foi filmado em directo. Veja o vídeo.

Dezenas de pessoas foram evacuadas quando foi dado o alerta para um forte cheiro a gás numa rua de Tacony, nos subúrbios de Filadélfia, EUA.

Bombeiros e operários da companhia de gás tentavam conter a fuga quando se deu a explosão.


Uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas, três em estado grave. Os feridos estão internados na unidade de queimados do Hospital Universitário de Temple.

Os bombeiros precisaram de mais de três horas de trabalho para controlar o incêndio que se seguiu à explosão, que está a ser investigada por uma equipa da companhia de gás, a Philadelphia Gas Works.

JN

Gato convocado para ser júri durante julgamento

Um tribunal de Boston convocou Sal Esposito para fazer parte de um grupo de jurados. Algo que pode acontecer a qualquer cidadão norte-americano e que, por lei, se é obrigado a comparecer. Tudo estaria bem, se Sal não fosse um gato. A notícia foi avançada pelo jornal «Daily News» link externo.

Ainda de acordo com a mesma notícia, os donos já apelaram ao tribunal para retirar Sal da lista, alegando que ele é «um gato», mas este recusou e o animal vai ter de comparecer a julgamento.

Anna e Guy Esposito, os donos, dizem que no Census de 2010 registaram o gato como membro da família, mas na secção dos animais de estimação e, por isso, «só pode ter havido um erro».

Guy diz a brincar que o seu gato «distingue o bem e mal», mas não o suficiente para ser jurado num julgamento. Quando os donos apelaram ao tribunal de Boston para dispensar Sal, utilizaram um argumento previsto na lei - «a impossibilidade de falar inglês» - mas, juntaram ainda, uma carta do veterinário a explicar que ele era um gato.

No próximo dia 23 de Março, Sal tem mesmo de se apresentar no Tribunal Superior de Suffolk, em Boston.

TVi24

Apanhado a conduzir autocarro com mulher ao colo

Apanhado a conduzir autocarro com mulher ao colo
A cena foi gravada e entregue às autoridades. O motorista terá de cumprir uma suspensão de um mês enquanto decorrer o inquérito e corre o risco de ser despedido.


Um motorista de autocarro foi suspenso durante um mês depois de ter sido apanhado a conduzir com uma mulher sentada praticamente ao seu colo. O caso insólito aconteceu em Detroit, nos Estados Unidos, e a filmagem foi feita por uma pessoa que se encontrava no transporte público.

Timothy Carpenter, o motorista, defendeu-se dizendo que se tratava da sua namorada e que apenas estava a tentar fazer as pazes porque se tinham desentendido. Mas apesar das explicações, os responsáveis do departamento de transportes de Detroit consideraram o comportamento "completamente irresponsável" e já o avisaram que pode ser despedido.

Veja aqui o vídeo:


DN

Obrigado a ter licença para guiar cadeira de rodas de «guerra»

Jim Starr tem 36 anos e um sonho. Deseja poder voltar a estar à beira-mar com os seus filhos. Numa cadeira de rodas desde 1999 o inglês adquiriu um novo modelo de «guerra», mas as autoridades pedem-lhe uma licença especial para poder conduzir o seu novo veículo em locais públicos.

A cadeira de rodas foi encomendada à empresa TC Mobility, custou mais de 10 mil euros, é maior do que o normal e possui umas rodas semelhantes às que usam os tanques de guerra. As «rodas de guerra» permitem passar por terrenos arenosos e irregulares e assim ir até à praia com os seus filhos.

As autoridades inglesas é que parecem não aprovar o uso desta cadeira de rodas, sem que seja emitida uma licença especial para o efeito, uma vez que a cadeira de rodas é mais pesada e mais larga do que o permitido por lei.

«Eu recebi a minha vida de volta neste Natal, mas apenas para a perder novamente. É como se ficasse incapacitado outra vez. Depois de ter as minhas pernas, voltar a perdê-las», disse à BBC.

Um responsável da DVLA, entidade que imite as licenças declarou que o veículo aparenta ser destinado a uma utilização fora de estradas, no entanto, pode ser utilizado em propriedade privada.

Veja aqui o video


TVi 24

Mamute poderá ser criado por clonagem em cinco anos

Mamute poderá ser criado por clonagem em cinco anos
Projecto coordenado por investigadores japoneses propõe-se utilizar a informação genética retirada de tecidos congelados do animal extinto e uma célula de elefante sem ADN.

Investigadores japoneses preparam-se para tentar trazer à vida um animal extinto há milhares de anos. Trata-se de um mamute, que a equipa do cientista Akira Iritani, da Universidade de Quioto, pretende criar por clonagem a partir de material genético recuperado de um mamute e de uma célula de um elefante.

"Os preparativos estão feitos", afirmou Akira Iritani ao jornal japonês Yomiuri Shimbun, adiantando que vai em breve iniciar todo o trabalho no laboratório .

A equipa retirou tecidos de um cadáver de mamute que foi encontrado congelado na Rússia, e que permanece conservado num laboratório russo, e vai utilizá-los para o projecto.

O objectivo é introduzir o núcleo de uma célula de mamute (onde está contido o ADN, a sua informação genética), que está morto há milhares de anos, no interior de uma célula de elefante à qual é retirado o seu próprio material genético. O embrião assim obtido possuirá a informação genética do mamute.

Posteriormente, esse embrião será colocado no útero de uma fêmea de elefante, esperando os investigadores que no final de uma gravidez bem-sucedida a fêmea dê à luz o filho mamute.

O projecto terá por base as técnicas de clonagem desenvolvidas por outra equipa japonesa, que conseguiu clonar ratos a partir de material genético congelado de ratos mortos há 16 anos. A técnica foi desenvolvida por Teruhiko Wakayama, do Centro Riken de Biologia do Desenvolvimento, de Yokohama.

Utilizando a técnica desenvolvida por este último, a equipa que vai clonar o mamute conseguiu extrair intacto das células mortas do animal extinto o seu núcleo contendo o ADN do animal.

"Se conseguirmos criar o embrião de um clone [de mamute], teremos de discutir antes de o implantarmos no útero de uma fêmea de elefante a forma como vamos alimentar o futuro mamute e a pertinência de o mostrar publicamente", explicou Akira Iritani. O investigador considera que, se a sua experiência for bem-sucedida, ela permitirá saber mais sobre os grandes herbívoros cobertos de pelo grosso que desapareceram da Terra há alguns milhares de anos sem que se saiba quais foram as causas exactas da sua extinção. "Após o eventual nascimento do mamute, examinaremos, entre outras coisas, as suas condições de vida e os seus genes de forma a procurar pistas sobre o desaparecimento destes animais", adiantou o líder do projecto. Para quando um mamute vivo de novo na Terra? A equipa japonesa tem um horizonte: cinco a seis anos, é a sua estimativa.

DN 

Mulher detida por esbofetear cavalo da polícia

Uma mulher foi detida na Florida depois de ter esbofeteado um cavalo da polícia. A norte-americana foi libertada ao fim de 12 horas, mas enfrenta agora um processo judicial, segundo informa a CNN.

«O cavalo apareceu literalmente em frente à minha cara de repente. Então, eu dei-lhe com a mão na cara como reacção», contou Stephanie ao canal Bay News 9.

A polícia efectuava várias patrulhas a cavalo, no sábado de manhã, para tentar controlar uma multidão quando se deparou com a «agressão» de Stephanie ao cavalo. No entanto, a mulher desmente que tenha agredido o cavalo e alega que apenas o afastou da sua cara.

A mulher enfrenta agora uma sentença que pode ir desde uma multa de mil dólares a um ano de prisão.

TVi 24

Jovem cai em fonte enquanto andava e escrevia SMS

Uma jovem britânica levou a concentração na escrita de um SMS ao limite. Enquanto andava e escrevia num shopping, em Berkshire, na Inglaterra, não reparou que caminha em direcção a uma fonte. Distraída acabou mesmo por cair dentro de água.

A insólita caminhada foi captada pelas câmaras de vigilância do centro comercial e colocada no YouTube. A queda já foi vista por mais de 750 mil pessoas e há já quem considere que se trata de um dos sucessos do site de partilha de vídeos.

Nas imagens é possível ver que a jovem levanta-se de imediato e aparentemente não sofreu ferimentos. O telemóvel, provavelmente, não terá a mesma sorte.

Veja aqui o vídeo


TVi24