So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sábado, 26 de setembro de 2009

Chegou atrasado e depois...


Um bombeiro em Santa Maria da Feira foi despedido por chegar atrasado ao trabalho.


O atraso deu-se por que o bombeiro voluntário esteve durante a madrugada da passada quarta-feira a combater um incêndio.


O bombeiro Leonel Silva, que trabalhava desde Janeiro deste ano na corporação, está chocado com a atitude do patrão.



O comandante dos bombeiros explicou que não é comum este tipo de situações nas empresas da região, não adiantado mais pormenores sobre o assunto.


Leonel Silva surpreendido e inconformado, explica que já contactou o tribunal de trabalho afim de se fazer justiça.

Crise, qual crise....


Parece um bago este Douro que rebenta de vinho e turistas. O vinho, como produto último das vindimas. Os turistas, colheita em tempo delas. Cada qual com seu destino. O vinho enche cubas, os turistas hotéis.


Dão para todos estes dias de festa na Região Demarcada do Douro. Os lavradores louvam o produto de um ano de trabalho, os agentes turísticos nunca foram tão solicitados, encontrar alojamento vago é uma autêntica aventura e o número de refeições servidas dispara. E assim vai continuar por mais uma ou duas semanas.


Cenário de ilusão? Não. Felizmente para quem opera empreendimentos turísticos no Douro, a região que é Património Mundial vai para oito anos está mesmo na moda. Já estava, mas agora está mais. Que o diga António Martinho, presidente da Turismo do Douro, que anda satisfeito da vida com os resultados preliminares de estudos que "mostram que o Douro é a segunda região mais atractiva do país" e que na época de vindimas "há muita ocupação hoteleira". Que o diga António José Teixeira, da Rota do Vinho do Porto, que, sem avançar números, nota que o Douro teve "o melhor Agosto de sempre", em termos de ocupação, e "o Setembro está a ter taxas excelentes". Que o diga Luís Barros, da Enoteca Douro, em Favaios, a cuja porta já bateram este mês cerca de dois mil turistas a querer experimentar a lufa-lufa da vindima e o baptismo de uma lagarada. Que o diga Cláudia Quevedo, que na sua quinta, às portas de S. João da Pesqueira, tem sorrido a centenas de visitantes estrangeiros curiosos até mais não. Que o diga Augusto Azevedo que tem visto o seu Hotel Folgosa Douro, em Armamar, com uma ocupação que não imaginara quando o abriu há 10 meses.


Cenário de ilusão? Sim. Infelizmente para o pequeno lavrador que vive da viticultura no Douro, de pouco lhe serve a moda da região que é património mundial mas que não lhe medra o pão. Este ano vão produzir-se menos 13500 pipas de vinho com direito a benefício. De 123,500 passou para 110 mil e a diferença traduz-se em menos 13,5 milhões de euros de rendimento.


Perdem todos, mas o pequeno agricultor perde mais. As uvas que não vender para o Vinho do Porto entrega-as para vinhos de mesa. E se lhas quiserem, o mais certo é receber 100 a 150 euros por pipa, com a agravante de, em muitos casos, nem saber quando os vai receber. Não admira que o presidente da Casa do Douro, Manuel António Santos, mesmo com consciência da dureza das palavras, solte que em muitos lares da Região Demarcada do Douro ainda se há-de voltar a comer "o arrozinho com molho de tomate e uma sardinha para duas ou três pessoas".


Não vai tão longe Pedro Perry, viticultor do Pinhão, mas avoca que "os pequenos e médios lavradores, que são a identidade do Douro, estão cada vez pior". Explica: "Temos de ter pessoal durante todo o ano para manter a vinha e com isto temos encargos que são difíceis de suportar e conseguir subsistir".


Não choveu que se visse no Verão e as uvas atingiram o ponto mais cedo que o normal. Ora, toca a antecipar as vindimas porque senão o vinho evapora-se. Muitos dos bagos já são quase passas e o resultado é que os produtores estão a ter pouco vinho, mas com muito grau. A qualidade compensará a menor quantidade. Terminada a vindima, o bago do turismo rebenta. António Martinho gostaria de vê-lo cheio durante todo o ano. Desafio: alcançar o meio milhão de dormidas anuais no Douro até 2013.

Casos de gripe A em escola na Amadora não motivam encerramento, garantem ministras...


A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, disse esta sexta-feira, que só haverá encerramento de escolas devido à gripe A (H1N1) quando o Ministério da Saúde achar que tal se justifica, o que ainda não aconteceu.


A ministra, que falava à saída do comício de encerramento da campanha do PS, em Lisboa, reagia à notícia da existência de um surto de gripe A na Escola EB1 Mina de Água, na Amadora. Veja aqui a reportagem link externo


«São poucas crianças. Estamos a acompanhar o assunto com o Ministério da Saúde. Não haverá encerramento de escolas, a menos que o Ministério da Saúde o decida - e ainda não tomou essa decisão, porque não se justifica», afirmou.


Os Ministérios da Saúde e da Educação afirmaram, em comunicado conjunto, que está assegurada «a normalidade de funcionamento» nas escolas do Concelho da Amadora, onde foram identificados casos de infecção pelo vírus da gripe A (H1N1).


Em algumas escolas do Concelho da Amadora foram identificados casos de infecção pelo vírus H1N1, estando uma das crianças internada mas em estado clínico «estável», afiançam as tutelas, segundo as quais, «nas escolas foram todas as medidas adequadas, de forma a garantir o seu normal funcionamento».


«Tem existido um acompanhamento de proximidade por parte das autoridades de Saúde e Educação no que respeita aos casos de gripe no contexto escolar» e «as escolas têm cumprido o previsto nos seus planos de contingência e contactam os elementos da Saúde e Educação sempre que necessário», lê-se ainda na nota, que ficará disponível no Portal da Saúde.

Época balnear nas praias do concelho de Santiago do Cacém terminou no dia 13 de Setembro...


Duas mulheres e um homem, com idades entre os 62 e os 64 anos, morreram esta sexta-feira afogadas, após terem sido arrastadas por uma onda, na praia da Fonte do Cortiço, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém, disse à Lusa o Comandante da Polícia Marítima de Sines.


«Cerca das 11h00 da manhã fomos informados que havia uma situação de afogamento de três pessoas nas Areias Brancas», disse Félix Marques.


Os bombeiros conseguiram resgatar o corpo do homem, «que se encontrava junto à rebentação», avançou o mesmo responsável, indicando que «os corpos das duas mulheres já estavam mais ao largo».


«Eram dois casais que se encontravam na praia sozinhos na altura do incidente», informou, descrevendo que «as duas mulheres terão ido até à beira da água e terão sido apanhadas por uma onda mais forte, que as puxou para a água, e como é uma zona de declive muito acentuado, terão sido derrubadas e ficado enroladas na ondulação».


«Os maridos tentaram salvar as mulheres, mas um deles também se afogou, enquanto o outro conseguiu salvar-se», explicou, tendo sido transportados para o Hospital do Litoral Alentejano.


A época balnear nas praias do concelho de Santiago do Cacém terminou no dia 13 de Setembro, tendo sido o último dia em que foram vigiadas. Segundo Félix Marques, «não houve nenhuma ocorrência» desta gravidade na região.

Governo reconheceu que construiu uma segunda fábrica de enriquecimento de urânio...


Os líderes de Estados Unidos, França e Grã-Bretanha ameaçaram nesta sexta-feira adoptar mais sanções contra o Irão, depois do governo do país ter reconhecido que construiu uma segunda fábrica de enriquecimento de urânio, informa a BBC.


Na cimeira do G20, na cidade americana de Pittsburgh, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que o tamanho e a estrutura da fábrica não condizem com um programa nuclear para uso civil, como alega Teerão. Obama afirmou que o Irão escondeu a construção da fábrica, desafiando os pedidos de transparência pedidos pela comunidade internacional.


O presidente norte-americano recusou mesmo afastar a opção militar face ao Irão, admitindo porém preferir a via diplomática. «Não é a primeira vez que o Irão esconde informações sobre seu programa nuclear», disse o presidente. O Irão tem direito ao uso pacífico de energia nuclear, que atenda às necessidades energéticas de seu povo, mas o tamanho e a configuração desta instalação é contraditória em relação a um programa pacífico».


«O Irão está a desrespeitar as regras que todas as nações devem seguir. Ameaçando o regime global de não proliferação, negando ao seu próprio povo o acesso à oportunidade que merece e ameaçando a estabilidade e segurança da região e do mundo».


O presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad, disse que ainda deve levar 18 meses até que as novas instalações estejam em operação e que o seu governo informou a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) da ONU sobre a fábrica no prazo determinado pelas regras da agência.
«Não é um local secreto. Se fosse, porque teríamos informado a AIEA um ano antes (de entrar em operação)?», disse o líder iraniano.


Falando juntamente com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, Obama afirmou que o Irão deve seguir as resoluções do Conselho de Segurança da ONU e «deixar claro que está pronto para cumprir com suas obrigações como membro de uma comunidade de nações».


Os três líderes exigiram que os inspectores da ONU tenham acesso imediato à instalação. Gordon Brown acusou os iranianos de enganar repetidas vezes a comunidade internacional quanto ao seu programa nuclear e acrescentou que agora não há escolha a não ser impor limites.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A loja ainda não lhe tinha entregue a cama que tinha encomendado...

Lamborghini que se estampou


Um motorista embriagado foi preso depois de ter embatido o seu Rolls Royce numa loja Tesco, cadeia de supermercados britânica.


Robert Caton, de 50 anos, feriu seis mulheres, uma delas grávida e causou prejuízos à volta dos 22 mil euros. Caton sofre de depressão e tinha problemas de dinheiro na altura.


Segundo testemunhas estava irritado porque ainda não lhe tinham entregue a cama que encomendara. Antes de entrar no carro tinha bebido duas garrafas de uísque, segundo relata a SkyNews.


Presente a tribunal declarou-se culpado de condução perigosa e foi proibido de conduzir nos próximos cinco anos.


Veja aqui o vídeo


Uma mulher deu à luz uma criança com quase nove quilos...


Na Indonésia uma mãe deu à luz um bebé com 8,7 quilos e 62 centímetros de comprimento. A criança é a nova atracção da Indonésia. Muitas pessoas procuram ver o bebé que, segundo a sua mãe, não pára de pedir comida.


o bebé «gigante» nasceu por cesariana na segunda-feira no hospital público de Kisaran, numa cidade no Norte da Ilha de Sumatra. À AFP, a mãe da criança, de 41 anos, afirmou que estava «realmente feliz». «É um presente de Deus», declarou.


Para além do leite da mãe, o bebé recebe comida por um biberão. A progenitora nunca imaginou que estava grávida de um bebé tão grande e acreditava que estava à espera de gémeos.


Os médicos acreditam que o peso da criança pode ser consequência da diabetes da mãe.

Votar e um dever civico...


Duas semanas de exaustão, soundbytes, acusações, momentos altos e baixos. Nesta sexta-feira termina a campanha, são jogados os últimos argumentos, percorridas as últimas ruas, gritadas as derradeiras palavras de vitória. No fundo, todos querem vencer. Mas haverá perdedores.


Curiosidades sobre as eleições link externo


Ao longo dos últimos quinze dias, a TVI teve dezenas de repórteres na rua, acompanhando todos os partidos, mas com maior incidência nos que possuem assento parlamentar. Na televisão e na Internet, nada escapou. A equipa do tvi24.pt mostrou um outro lado da campanha, os bastidores, as visões mais populares, os trabalhos dos jornalistas, usando as melhores ferramentas online link externo.


A análise da campanha


Sócrates: de «animal feroz» a «senhor simpatia» link externo


Manuela sobrevive a campanha «armadilhada»

link externo
E se Francisco Louçã acordar com uma ressaca monumental? link externo


CDU: «Não há aqui uma medição de forças» link externo


Missão Portas: ultrapassar «extrema-esquerda» e acabar com maioria PS link externo


Veja alguns dos momentos mais marcantes


Homens da Luta baralham José Sócrates

Uma fã de Santana

Francisco Louçã de helicóptero na Arrábida

Recordações e um apelo na CDU

Paulo Portas toca pandeireta

Christensen é guardião do líder da Liga sueca e admite já ter feito batota antes....


A baliza defendida por Kim Christensen, do IFK Gotemburgo, é mais pequena que a dos adversários. Ou melhor, a distância entre os postes diminui (literalmente) quando o guarda-redes do líder da Liga sueca e finalista da Taça está a jogar. Isto porque Christensen... empurra as bases das balizas para dentro.


O truque foi descoberto pelo árbitro Stefan Johannesson, durante o jogo com o Orebro, e filmado pelas câmaras do Canal Plus, que confrontou o guarda-redes. «Sim, já fiz isto antes», respondeu Christensen, acrescentando que nunca tinha sido apanhado.


Aos 20 minutos, o juiz interrompeu o encontro e colocou os postes no seu devido lugar. Uma vez que não viu quem tinha movido os postes, Johannesson não puniu Christensen que, mais tarde, admitiu "fazer batota". O Conselho de Disciplina está a investigar o caso e o guarda-redes ainda poderá ser punido.


Ao intervalo o guarda-redes tinha sempre o cuidado de voltar a colocar os postes na posição correcta. Mas o esquema não ficava por aqui. Tobias Hysén, avançado do Gotemburgo, admitiu que os colegas conheciam o esquema, que também era usado em benefício dos atacantes. Como? Alargando o espaço entre os postes da baliza contrária, deixou transparecer o sueco, em declarações reproduzidas pela «Eurosport».


A seis jornadas do fim do campeonato o Gotemburgo lidera a tabela classificativa. A formação sueca não sofreu golos em metade dos 28 encontros disputados esta época.


Veja o vídeo


Mulher exigia 120 mil euros...



A PSP deteve uma mulher, de 36 anos, por suspeita dos crimes de ameaça e extorsão, depois de ter sido apanhada em flagrante, numa altura em que estava prestes a receber cerca de 120 mil euros de um empresário para que ela não divulgasse um vídeo comprometedor.


A prostituta, de nacionalidade brasileira, terá filmado por diversas vezes as relações sexuais que manteve com o seu cliente e mais tarde ameaçou revelar tudo à família do empresário. A chantagem terá durado cerca de oito meses e só chegou ao fim depois de a vítima ter apresentado queixa na PSP de Viseu.


Elementos daquela força de segurança montaram uma armadilha à mulher, encenando a entrega da verba exigida, acabando por a deter quando o empresário lhe entregou a pasta com o dinheiro.


A mulher, que não tem antecedentes criminais, foi presente a tribunal e colocada em liberdade sob o termo de identidade e residência. Uma cúmplice recebeu ordem de expulsão por estar ilegal no país.


Os vídeos comprometedores foram apreendidos.


Sem água durante três dias ...


Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Viseu repararam, ontem, uma ruptura numa conduta de água entre Paradinha e São Salvador, que deixou grande parte da freguesia sem água desde terça-feira à tarde.


O director dos SMAS, Carlos Tomás, garantiu ao Diário de Viseu que, ao final da tarde de ontem, a situação já estava regularizada e os habitantes já tinham água. Só foi possível detectar a ruptura graças a uma sonda, pois há três dias que os funcionários a tentavam localizar.


Durante os trabalhos de reparação, depararam-se com mais um imprevisto: uma ligação ilegal à rede de condutas que foi, imediatamente, desligada.
Bruno Peixoto, um dos moradores da freguesia afectada, ficou indignado com a demora da reparação e com as respostas contraditórias que lhe foram fornecidas quando pediu informações.
"Na quarta-feira liguei para os SMAS e disseram-me que estavam a fazer trabalhos de manutenção para melhorar o serviço e, ontem de manhã, já me disseram que era uma ruptura e que ainda não a tinham encontrado", explicou.


Lembrou ainda a dificuldade que teve em conseguir um número de contacto dos Serviços Municipalizados: "Ao contrário da EDP, os SMAS não tem na factura o número de contacto do piquete. Ou se liga na hora do expediente, ou então já não temos para onde ligar", criticou Bruno, que só conseguiu o número num sítio da Internet, não do SMAS, "porque nem isso têm".
Para ter água em casa, a solução foi recorrer a garrafões de água, inclusive para a higiene diária, tendo de a ir buscar à fonte da Póvoa da Medronhosa, a largos metros da habitação de Bruno.



Falhas recorrentes
e má qualidade da água
Esta não é a primeira vez que os moradores daquela zona ficam sem água mas, quando a têm, "a qualidade é má". "Já ficámos sem água outras vezes durante várias horas devido a trabalhos de manutenção e nem sequer nos avisam", criticou Bruno Peixoto. Por isso, deixa sugestão para que, nessas situações, deixem um aviso na caixa de correio dos habitantes para ficarem precavidos.


Quanto à qualidade, Bruno referiu que "há dois meses a água tinha um sabor horrível, era impossível cheirá-la, quanto mais bebê-la". "Actualmente continua a saber mal, sabe a produtos químicos", denunciou.


É já no domingo ...


É já no domingo que os portugueses vão dar um novo mandato a quem escolheram para governar o país. Mas as Eleições Legislativas, mais do que definir um Governo, são também aquelas que permitem escolher os representantes de cada distrito na Assembleia da República. Pelo círculo eleitoral de Viseu, vão ser eleitos nove deputados, de acordo com o número de população.


Nas últimas Legislativas, em 2005, PSD e PS elegeram o mesmo número de deputados - quatro - e o CDS/PP elegeu um. Os resultados, nessa altura, foram favoráveis aos socialistas que conseguiram pouco mais de 500 votos do que o PSD e assim "conquistar" o lugar de deputado que em 2002 pertencia aos sociais-democratas. Num distrito apelidado de "laranja", os socialistas acabaram por vencer em 11 dos 24 concelhos do distrito.


Para o combate de domingo, o PS aposta em José Junqueiro, como líder de uma lista que tem nomes como Acácio Pinto, Elza Pais, José Rui Cruz e Paulo Barradas.
À semelhança de 2005, o PSD apresentou como cabeça-
-de-lista José Luís Arnaut, que conta na sua equipa com Almeida Henriques, Teresa Santos, João Carlos Figueiredo e Joaquim Seixas.
O CDS/PP é liderado por Hélder Amaral e conta com Manuel Castelo-Branco, Ana Paula Seabra, Augusto Almiro e Sónia Marques.


A CDU apresenta Manuel Rodrigues. João Carlos Serra, Margarida Teixeira Barbedo, João Carlos Cordeiro e Maria Helena Barbosa integram também a lista da CDU. António Minhoto é o candidato independente do Bloco de Esquerda. A acompanhá-lo estão Mariana Marques Pinto Carneiro, Manuela Maria Coelho Antunes, Manuel Bandeira de Almeida Pinho (independente) e José Carlos Costa de Vasconcelos.


Aconteceu na última semana em Milão no regresso do avançado a Itália...


O regresso de Ibrahimovic a Itália, agora com a camisola do Barcelona, ficou marcado por um episódio caricato. Tudo aconteceu à porta do hotel onde a formação catalã está concentrada. O avançado sueco ia a sair quando foi abordado por uma criança.


Uma criança que curiosamente trazia vestida a camisola do Inter Milão com o nome de Ibrahimovic. Esticou a mão ao avançado sueco e depois... bem, o melhor mesmo é ver o vídeo mais em baixo nesta página. Não vamos estragar a surpresa nesta altura.


No fim podia pensar-se que seria um adepto do Inter aborrecido pela saída do craque. É verdade que é adepto do Inter, mas nem tudo é inocente. A criança foi contratada por um programa de televisão para fazer exactamente o que pode ver a seguir.


Veja o vídeo:


Foram descobertas 1.500 peças em ouro e em prata. Especialistas acreditam que datam do Século VII...


Um amador inglês, que procurava objectos com um detector de metais, encontrou em Julho a maior colecção de ouro anglo-saxão que alguma vez foi descoberta na Grã-Bretanha. O inglês descobriu 1.500 peças em ouro e em prata. A maioria das peças é de guerra e está adornada por pedras preciosas.


Veja aqui as fotos link externo


Os especialistas acreditam que o tesouro data do século VII. A descoberta foi feita numa fazenda no condado de Staffordshire, no Oeste da Inglaterra.


De acordo com a BBC, o inglês Terry Herbert é o responsável por esta descoberta sem precedentes. São cerca de cinco quilos de ouro e 2,5 quilos de prata.


As peças estão sob a guarda do Birmingham Museum and Art Gallery, na cidade inglesa de Birmingham. Alguns dos objectos mais importantes vão ficar em exposição no Birmingham Museum até ao dia 13 de Outubro.


Depois da exposição, a colecção segue para o Museu Britânico para ser avaliada por especialistas. Este tesouro inclui também três cruzes e uma placa de ouro com uma inscrição bíblica. Uma das fontes da inscrição em latim gravada na placa de ouro é a Bílbia dos saxões, ou Vulgate.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Você sabe menos que um miúdo de 10 anos?


O famoso comentador da TV, Marcelo Rebelo de Sousa, seguía a bordo de
um avião, de Lisboa para o Porto.

O lugar a seu lado estava ocupado por um garoto de uns 10 anos,
natural de Amarante, de óculos, com ar sério e compenetrado.

Assim que o avião descolou, o garoto abriu um livro, mas Marcelo
Rebelode Sousa puxou conversa.



- Ouvi dizer que o voo parece mais curto se conversarmos com o
passageiro do lado. Gostarias de conversar comigo?

O garoto fechou calmamente o livro e respondeu:
- Talvez seja interessante. Qual o tema que gostaria de discutir?


- Ah, que tal política? Achas que devemos reeleger Sócrates ou dar uma
oportunidade à Manuela?

O garoto suspirou e replicou:
- Poderá ser um bom tema, mas, antes, gostaria de lhe colocar uma questão.
- Então manda! - encorajou o professor Marcelo.
- Os cavalos, as vacas e os cabritos comem a mesma coisa, certo?
Pasto, ervas, rações. Concorda?

- Sim. - disse o professor.
- No entanto, os excrementos dos cabritos são umas bolinhas, as vacas
largam placas de bosta e, os cavalos, umas bolas bem grandes... Qual é
a razão para isto?

Marcelo Rebelo de Sousa pensou por alguns instantes, mas acabou por
confessar que não sabia a resposta...



E o garoto concluiu:
- Então como é que o senhor se sente qualificado para discutir quem
deve governar Portugal se não entende de "merda" nenhuma?



EUA: imagens mostram o momento em que o carro galga o passeio e choca contra uma parede...

Internacional


Uma menina de seis anos escapou milagrosamente de ser atingida por um carro em alta velocidade.


Yasmin Frausto caminhava atrás dos seus pais na cidade de Sunnymead, em Washington, nos Estados Unidos da América. De repente, um carro em grande velocidade galga o passeio e choca com grande violência contra a parede, mesmo ao lado da criança, informa a BBC.


Imagens de uma câmara de videovigilância mostram o momento do acidente.


Yasmin Frausto afirma que percebeu que o carro a ia atingir e correu para outro lado. Quando a viatura bateu fico presa sobre uma coluna, permitindo a Yasmin Frausto escapar.


Veja aqui o vídeo


Português é a segunda língua mais «falada»...

Twitter


A língua portuguesa ficou em segundo lugar na lista das mais faladas no twitter, ficando atrás apenas do inglês.


A terceira, no entanto, não foi identificada pelo software.


De acordo com Jon Beilin, a pesquisa foi feita pelo método de um módulo de linguagem de programação Phyton, usando o sistema de detecção de idiomas do Google. Foram analisados 1 milhões de tweeters.


Porém, não é a primeira vez que o Web Ecology divulga relatórios sobre o micro blogue.


Numa outra pesquisa, o site divulgou uma lista de utilizadores mais influentes.


Outra descoberta é que o site Mashable é o mais importante no Twitter, ultrapassando a poderosa CNN.


Os investigadores criaram também o sistema capaz de detectar tristeza no micro blogue, após a morte de Michael Jackson.

"rasga" perna na linha...


Fernando Pereira Fernandes, de 45 anos, pretendia passar alguns dias de férias em Viseu, mas tão depressa não irá esquecer a sua estadia em terras de Viriato. Na segunda-feira passada, por volta das 17h00, o indivíduo deslocava-se pelo Campo de Viriato, onde uma familiar estava a desmontar o seu stand da Feira de S. Mateus.


"Estava à procura de uma pessoa e de repente vi o funicular a aproximar-se. Na tentativa de sair da linha, meti o pé na calha onde corre o cabo de aço que puxa as duas carruagens e enfiei a perna até ao joelho".


O ferimento obrigou a que fosse chamado o INEM. "Tinha um rasgo enorme na perna. Dava para ver até ao osso", contou Maria Joaquina Lopes Fonseca, a familiar que critica o facto de o funicular estar em testes numa altura em que os feirantes estavam a desmontar os seus stands.
"Não se entende que façam experiências quando há tantas pessoas no recinto. Durante toda a feira tive receio que alguém se magoasse, mas nunca pensei que fosse um familiar meu", acrescentou, explicando que pouco antes já uma jovem tinha tropeçado na linha, mas sem grandes consequências.


Fernando Pereira Fernandes adiantou ao nosso Jornal que é obrigado a deslocar-se de muletas, referindo ainda as dores fortes que sente. "Preferia ter partido o pé", finalizou.



ViseuPolis
analisará caso
Contactado pelo nosso Jornal, Américo Nunes, da Comissão Liquidatária da Sociedade ViseuPolis, explicou desconhecer o caso, mas prometeu analisar os detalhes do acidente assim que estes forem expostos pela vítima ou pelos seus familiares.


O responsável aproveitou para destacar as medidas de segurança suplementares que foram implementadas nos últimos tempos junto ao percurso do funicular. "Apesar de termos licença de funcionamento - por parte de três entidades diferentes - desde 12 de Agosto, optámos por colocar protecções além do necessário, para reduzir ao mínimo a possibilidade de ocorrência de um acidente", explicou.


Lembrou que foram colocadas plataformas elevatórias que tapam os grandes espaços que existiam nos locais onde as linhas se cruzam para permitir a passagem das duas carruagens. Entre os pilares que limitam o trajecto usado pelo funicular existem agora cabos de aço que têm como tarefa impedir as pessoas de atravessar em qualquer lado a linha. Além disso, foram colocadas luzes junto aos carris, para que os transeuntes não tropecem neles à noite, entre outras medidas.


Líder líbio comparou ainda o regime talibã ao Vaticano..


O líder líbio, Muamar Kadhafi, pronunciou rasgados elogios a Barack Obama e afirmou que não ficaria chateado se o presidente americano tivesse um mandato vitalício, mas, logo em seguida, defendeu a posição dos talibãs, durante seu longo discurso nesta quarta-feira, na Assembleia Geral da ONU, informa a France Press.


Kadhafi, que está há 40 anos no poder, elogiou o discurso de Obama, que o precedeu na tribuna da ONU, e no qual o presidente americano prometeu um compromisso renovado com a comunidade internacional, ao contrário das tensas relações do seu antecessor, George W. Bush.


«Foi completamente diferente, para um presidente americano», assinalou Kadhafi a respeito do discurso de Obama. «Você é o começo de uma mudança».


Mas acrescentou: «Podemos garantir que, depois de Obama, os Estados Unidos serão diferentes?». «Seríamos felizes se Obama pudesse ficar para sempre como presidente de Estados Unidos», assinalou o líder líbio no seu discurso perante os chefes de Estado e de Governo presentes no encontro anual das Nações Unidas, em Nova Iorque.


Um discurso politicamente correcto de Kadhafi que, no entanto, pouco durou, uma vez que o polémico líder saiu, em seguida, em defesa dos talibãs afegãos.


Kadhafi compara talibãs a Vaticano


«Por que somos contra os talibãs? Por que somos contra o Afeganistão? Se os talibãs querem criar um Estado religioso como o Vaticano, tudo bem. Por acaso, o Vaticano constitui um perigo para nós? Não. Se os talibãs quiserem criar um emirado islâmico, quem disse que (por isso) são inimigos?», questionou.


Kadhafi também declarou que a África deveria receber 7,77 bilhões de dólares de seus ex-colonizadores como forma de compensação. «A quantia de 7,77 bilhões de dólares é a indemnização que merece a África colonizada», clamou.


No discurso, o primeiro pronunciado diante da Assembleia Geral da ONU, o coronel Kadhafi criticou com veemência a dominação exercida sobre o Conselho de Segurança pelos cinco membros permanentes (China, Estados Unidos, Rússia, França e Grã-Bretanha).


O líder líbio discursou durante uma hora e 35 minutos na assembleia, apesar do tempo de palavra concedido a cada chefe de Estado e de governo ser de apenas 15 minutos.


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também ultrapassou seu tempo de palavra, ao pronunciar um discurso de 40 minutos.


O recorde absoluto pertence ao dirigente cubano Fidel Castro, que falou durante quatro horas e meia em 1960.

Homem de 41 anos morre no Porto, confirma ministra da Saúde...


Um homem de 41 anos infectado com o vírus H1N1 morreu na manhã desta quarta-feira no hospital Santo António, no Porto, confirmou, esta noite, a ministra da Saúde em declarações aos jornalistas. Esta é a primeira morte em Portugal relacionada com a gripe A.


Segundo Ana Jorge, o homem tinha recebido um transplante renal há 14 anos e actualmente sofria de uma infecção bacteriana, consequência desse transplante, ou seja, o corpo estava a rejeitar o órgão.


Ainda segundo a ministra, a vítima era um emigrante português em França, que sofria também de uma pneumonia. No final de Agosto solicitou alta e veio de férias para Portugal. No início de Setembro, o quadro respiratório agravou-se e foram solicitadas análises ao vírus H1N1, uma vez que no serviço em causa da unidade hospitalar foram detectados casos de gripe A.


A 15 de Setembro chegou a confirmação de que o doente esta infectado. «A situação manteve-se grave, com a falência de vários órgãos», afirmou a ministra.


Numa conferência de imprensa sem direito a perguntas, a governante reiterou que se mantém todas as medidas até agora adoptadas para prevenção do vírus H1N1, referindo que os serviços e a população devem manter-se tranquilos e respeitar todas as instruções que têm sido difundidas.


«Esta gripe continua a apresentar padrões clínicos correspondentes aos inicialmente previstos», tranquilizou a ministra da Saúde.


Ana Jorge anunciou para sexta-feira, às 10:00 horas, mais esclarecimentos sobre este caso, numa conferência de imprensa a realizar no Hospital de Santo António, no Porto, com o corpo clínico que acompanhou o doente.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Uma padeira de Penafiel devolveu dinheiro a um homem que o havia perdido...


Lúzia Rocha, 63 anos, padeira de profissão na cidade de Penafiel, encontrou espalhados no chão mais de 3 mil euros em notas e ainda uma pasta preta cheia de dinheiro na passada terça-feira, mas pensou inicialmente tratar-se de folhetos espalhados pelo chão.


Admirada com tal achado, a mulher conta que chamou de imediato a GNR, que por sua vez accionou a Brigada minas e armadilhas pois julgava-se que a pasta tivesse uma bomba.


A padeira teve o intuito de devolver aquele dinheiro a quem o havia perdido. Lúzia considera-se, assim, uma mulher honesta e de bem que se orgulha da acção que fez.


No interior da pasta haviam, ainda, facturas que possibilitou que o dono pudesse ser rapidamente identificado. O dono do dinheiro era Moisés Rocha, de 44 anos, promotor de eventos de casamento em Penafiel.


Um dia de sorte teve o dono da quantia em causa que havia esquecido o dinheiro em cima do carro e nunca mais se lembrou que o tinha deixado para trás.

O fenómeno deixou Sydney paralisada pela manhã ...


Sydney amanheceu esta quarta-feira sob um manto vermelho. Uma grande tempestade de areia deixou a maior cidade da Austrália no meio de uma espectacular penumbra vermelha que paralisou a cidade ao início da manhã.


Veja aqui as fotos


Os transportes públicos foram suspensos e as autoridades sanitárias emitiram um alerta a avisar para que os cidadãos com problemas respiratórios e problemas de coração não saíssem à rua.


O tom vermelho da nuvem de areia dava a impressão que a cidade estava a viver um grande incêndio florestal. De acordo com a agência Efe, a cor da penumbra suavizou passado algumas horas adquirindo o tom amarelado.


A tempestade de areia, oriunda do deserto do interior do país, começou durante a noite e afectou grande parte do Estado de Nova Gales do Sul, com ventos superiores a 100 quilómetros por hora.


Os meteorologistas já advertiram que a tempestade continuará durante as próximas horas com ventos com cada vez maior intensidade. O fenómeno foi atribuído à seca que afecta vastas zonas do país.

Criança dança «Single Ladies»...

Beyoncé


Um vídeo de um bebé a dançar em frente ao televisor quando está a passar o videoclip «Single Ladies», de Beyoncé, está a fazer furor na Internet, tendo sido visionado mais de cem mil vezes.


A criança da Nova Zelândia chama-se Cory e não pára de dançar, tentando acompanhar o difícil ritmo de Beyoncé. A mãe, que filma toda a dança do bebé, colocou o vídeo no Youtube, dando-lhe dado o nome de «Cory`s favourite music video».


O vídeo de «Single Ladies» também é o favorito de Kanye West, que interrompeu Taylor Swift na cerimónia dos Video Music Awards para dizer que Beyoncé é que merecia ter ganho o prémio.


Os vídeos de bebés com «queda» para a dança está longe de ser uma novidade na rede de partilha de vídeos mais visitada da Internet. Se para alguns o talento é natural, para outros foi preciso alguma ajuda extra. A manipulação por computador valeu mais de três milhões de exibições a este vídeo abaixo, onde vários bebés coreografam «Billie Jean» de Michael Jackson, um tributo das águas Evian que foi dos mais vistos de sempre em muitos países.


Candidado do PND/Madeira quis protestar, mas acabou por elogiar líder madeirense...


No Funchal, a Polícia foi chamada esta manhã para a porta da residência de Alberto João Jardim, onde o PND/Madeira tinha agendada uma acção.


Mas foi o próprio presidente do Governo Regional que esvaziou o protesto e ainda conquistou um voto, dado que José Manuel Coelho admitiu votar no líder regional.


«Ele é uma boa pessoa. Votaria nele, porque o que estraga o senhor presidente são as pessoas que o rodeiam e que enriquecem à custa dos madeirenses», disse o candidato do PND.

Consumidores pagam 45 euros, em média anual, por uma conta-corrente, revela Bruxelas...


Os bancos portugueses cobram as comissões mais baixas da Zona Euro, por conta-corrente. Ainda assim, a informação prestada aos consumidores é "opaca" e "incompreensível", diz investigação comunitária ontem, terça-feira, divulgada.


Portugal tem das comissões bancárias mais baixas de toda a União Europeia (UE). Em média, um cliente com um perfil considerado normal paga 45 euros por ano por uma conta-corrente, menos só na Bulgária (27€) e na Lituânia (35€). Os Países Baixos cobram em média apenas mais um euro do que Portugal.


Um relatório da Comissão Europeia sobre serviços financeiros, ontem divulgado em Bruxelas pela mão da comissária responsável pela pasta do Consumo, revela que Portugal tem "comissões bancárias muito baixas" e encontra-se acima da média europeia quanto à "simplicidade e transparência" do sistema de informação aos clientes. Ainda assim, em 70% dos bancos visados foi necessário pedir explicações adicionais sobre a informação que dispunham no site da Internet.


A comissão cobrada pela utilização de uma conta oscila entre os 27 euros, na Bulgária, e os 253 euros, em Itália, por sua vez seguida de Espanha (178€) e de França (154€). Os três países "têm resultados muito fracos em termos de transparência, situando-se entre os países mais caros em matéria de contas bancárias", lê-se no relatório.


Bruxelas diz que há problemas com o modo como os bancos informam os clientes. Entre os obstáculos enumeradas estão as informações frequentemente pouco claras que dificultam a comparação entre produtos semelhantes, taxas bancárias "opacas" e problemas com aconselhamento.


Em termos comunitários, em 66% dos bancos estudados, as taxas bancárias eram imprecisas ao ponto de os peritos que elaboraram o relatório terem de contactar os bancos mais do que uma vez para obterem explicações adicionais e conseguir avaliar o custo real da conta. O relatório não tinha a pretensão de estabelecer limites máximos para os valores cobrados. Uma fonte comunitária disse não haver relação directa entre os valores cobrados pelos bancos e o nível de vida. Portugal cobra a terceira comissão bancária mais baixa da UE e tem o décimo salário mínimo mais baixo entre os 27.


Bruxelas diz que o mercado dos serviços financeiros da UE "está fragmentado" e deveria ser criado um espaço na Internet onde os consumidores pudessem consultar e comparar a informação de que necessitam. No entanto, os portugueses continuam a privilegiar a relação com os bancos através dos balcões e das caixas ATM, em detrimento da Internet. Já quanto ao uso de cartões de débito e crédito, Portugal supera a média europeia.



5ª Avenida, em Nova Iorque, é a localização de retalho mais cara em termos globais...


A zona do Chiado, em Lisboa, é 39ª localização mais cara do mundo.


Ao todo, regista um valor mensal de rendas de 960 euros mensais anuais por metro quadrado, diz um estudo divulgado esta terça-feira pela consultora imobiliária Cushman & Wakefield.


Apesar de alto, e acima do valor da Avenida da Liberdade, de 870 euros anuais por metro quadrado, o Chiado fica muito abaixo dos 13 mil euros por metro quadrado cobrados anualmente na 5ª Avenida, em Nova Iorque, que é a localização de retalho mais cara em termos globais.


De acordo com o estudo «Main Streets Across the World 2009», citado pela Lusa, Lisboa subiu uma posição relativamente ao ano passado e ocupa agora a 39º posição de comércio mais cara do mundo.

EUA são um dos maiores poluidores mundiais...


O Presidente norte-americano, Barack Obama, revelou esta terça-feira, estar «determinado» a agir contra o aquecimento global, porém, admitiu que o caminho até à cimeira do clima, em Dezembro, na cidade de Copenhaga, será difícil.


«A ameaça que as alterações climáticas representam é grave, urgente e crescente», declarou Obama, na abertura de uma conferência sobre o clima que decorre em Nova Iorque, na véspera do início da Assembleia Geral das Nações Unidas.


Para Obama, as gerações futuras caminharão para uma «catástrofe irreversível», se a comunidade internacional não agir «rápida e conjuntamente».


Os Estados Unidos, um dos maiores poluidores mundiais, continuam reticentes em aceitar os cortes nas emissões de dióxido de carbono considerados necessários para inverter o aquecimento do planeta.


Falando perante mais de cem líderes mundiais reunidos em Nova Iorque, Obama recordou o seu compromisso de, até 2020, reduzir as emissões de gases com efeito de estufa para os níveis de 1990.


Obama admitiu ainda a responsabilidade dos países ricos de darem o exemplo e ajudar financeira e tecnicamente os países menos desenvolvidos a contribuir para a luta contra o aquecimento.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

O rei da pop foi filmado enquanto ensaiava o tema «Human Nature» para os concertos na O2 Arena...

Michael Jackson


Foi divulgado na web um novo vídeo com imagens de Michael Jackson a ensaiar o tema «Human Nature».


As imagens foram captadas durante os últimos ensaios do rei da pop para os concertos de Londres. Nas imagens é possível observar Kenny Ortega a dar instruções a Jackson.


Estas imagens vão ser incluídas no filme «This is It» que estreia nos cinemas portugueses a 28 de Outubro e recupera as imagens exclusivas dos ensaios para os concertos na O2 Arena que nunca chegaram a acontecer.


Michael Jackson morreu no dia 25 de Junho na sequência de uma grave intoxicação provocada pelo fármaco Propofol.



António Costa levou 15 minutos no percurso Campo Grande/Rossio de metropolitano. Santana desvaloriza...


A corrida entre o Metro, onde seguia António Costa, e um Porsche conduzido pelo piloto Pedro Couceiro, esta terça-feira, em Lisboa, foi ganha por uma bicicleta, que se juntou à iniciativa em prol de uma «uma nova mobilidade», refere a Lusa.


Quando chegou ao Rossio, o autarca socialista da capital, tinha demorado cerca de 15 minutos, desde a estação do Campo Grande.


Pedro Couceiro, que apreciou o carro potente, só não gostou de levar 33 minutos a chegar à meta.


António Costa sublinhou a eficácia dos transportes públicos com um novo «slogan»: «Se quer um túnel, vá de Metro».


A máxima é uma referência aos dois túneis que o candidato social-democrata, Pedro Santana Lopes, quer construir, depois de o túnel do Marquês ter sido a obra emblemática do seu mandato autárquico na capital.


«Há pessoas que insistem em investir em infra-estruturas para o transporte individual, vulgo, túneis», afirmou António Costa aos jornalistas, em frente ao Café Nicola.


Apesar da vitória da bicicleta, por escassos cinco minutos, a corrida serviu para provar a tese de António Costa segundo a qual «a forma mais eficiente de circular na cidade não é o carro, por muito bons que sejam o carro e o condutor».


O presidente da Câmara, que se recandidata ao cargo, sublinhou também o «desafio» das alterações climáticas, que, defendeu, só será ganho nas cidades e através de uma «nova mobilidade».


Questionado sobre a iniciativa do autarca socialista, o candidato do PSD à Câmara de Lisboa desvalorizou a vitória anunciada do metro, esclarecendo que se trata de «uma corrida do não interessa nada»

Comédia sobre a vitória do Liverpool na Champions conta com participação de Gerrard e Carragher...

«Quinze minutos que agitaram o Mundo»


Já imaginou Gerrard num filme? Melhor ainda, já imaginou Gerrard, Carragher e Hamann numa comédia britânica? Pois aconteceu. Chama-se «Quinze minutos que agitaram o Mundo - a história não contada de Istambul» e basicamente é uma paródia à vitória do Liverpool na final da Liga dos Campeões, em 2005.


O filme é uma curta-metragem que se centra no que aconteceu no balneário da equipa durante o intervalo do jogo. Recorde-se que o Milan chegou ao final da primeira parte a ganhar por 3-0, na segunda parte o Liverpool marcou três golos em seis minutos e empatou a partida, acabando por vencer nos penalties.


Ora «Quinze minutos que agitaram o Mundo» centra-se nesses quinze minutos que mudaram a equipa do Liverpool. Conta com a participação do comediante Neil Fitzmaurice numa brilhante interpretação de Rafa Benítez, vai estrear brevemente em Liverpool e será depois distribuído em DVD.


O filme permite ver Rafa Benítez a ajoelhar-se na casa de banho, a fazer a barba usando a taça dos campeões como espelho ou a fazer um discurso que é uma adaptação de «My Way», de Frank Sinatra. Melhor do que isso, porém, é ver a participação descomplexada de três campeões europeus numa paródia a uma das vitórias mais marcantes do Liverpool.


Jamie Carragher é aliás um dos mentores do filme, sendo que todas as receitas que o mesmo vier a produzir serão destinadas a uma fundação que o defesa criou para apoio a crianças com problemas, «The 23 Foundation». O que justifica o entusiasmo. «Quando li o guião achei imediatamente que era hilariante», garantiu o médio.


Veja o trailler do filme:


Polícia e exército dispersam apoiantes de Zelaya concentrados frente à embaixada brasileira, em Tegucigalpa...


À semelhança do que já fez a presidência sueca da União Europeia (UE), o presidente do Brasil pediu, esta terça-feira, ao Governo «de facto» das Honduras que negoceie uma saída para a crise política, que se gerou depois de o Presidente deposto Manuel Zelaya ter regressado de forma secreta ao país e que, para não ser detido, se refugiou na Embaixada do Brasil, em Tegucigalpa.


De acordo com a Reuters, Lula da Silva, que se encontra em Nova Iorque a participar na 64ª Assembleia-Geral da ONU, disse aos jornalistas que o Brasil garante a Zelaya o direito de se abrigar na embaixada.


«O Brasil fez apenas aquilo que qualquer país democrático faz na hora em que um cidadão pede abrigo na sua embaixada. O Brasil garante que ele fica lá», disse Lula da Silva aos jornalistas.


«É um direito, eu diria, internacional e nós esperamos que os golpistas não mexam na embaixada brasileira, e esperamos que negoceiem», acrescentou o Presidente do Brasil.


Lula da Silva revelou ainda que falou por telefone com Zelaya, esta terça-feira de manhã, e que lhe pediu para não dar pretextos aos golpistas hondurenhos que os levem a invadir a embaixada brasileira.


Honduras: Micheletti dispensa mediação da Costa Rica


Polícia e exército afastam partidários de Zelaya


Zelaya, afirmou entretanto à CNN que a embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde se encontra refugiado, tem estado a ser alvo de ataques por parte das autoridades. A informação é avançada também pelo jornal espanhol «El País», que cita uma conversa telefónica com uma testemunha no local.


O «El País» refere que o exército e a polícia cercaram esta terça-feira de madrugada a embaixada do Brasil em Tegucigalpa, e afastaram milhares de apoiantes de Manuel Zelaya que passaram a noite frente ao edifício. As forças de segurança dispararam gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes, que em resposta atiraram pedras.


Manuel Zelaya declarou depois à CNN que «atacaram a embaixada com bombas. As forças policiais e militares estão a atacar fortemente em diferentes lugares do país».


À «Rádio Caracol» da Columbia, Zelaya garantiu que está «em perigo». «O sangue corre» nas Honduras «desde o dia do golpe de Estado», mas «sabemos que temos de ganhar esta batalha de qualquer maneira», garantiu. O Presidente deposto disse mesmo que nada o voltará a fazer sair do país.


Depois dos confrontos, as ruas na zona da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa estão a ser patrulhadas pelo Exército, que impôs um recolher obrigatório. Os quatro aeroportos internacionais que há nas Honduras encontram-se encerrados.

«Já era negro antes das eleições»...

Barack Obama


Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos, foi o convidado especial desta segunda-feira do programa de David Letterman.


O apresentador dedicou a sua tradicional lista dos dez mais, aos dez motivos que terão levado Barack Obama a aceitar o convite para participar no programa.


Entre outros, estaria o facto de o Presidente ter dito sim «sem pensar no assunto», tal como «Bush fez com o Iraque».


Durante a entrevista Obama conseguiu arrancar a gargalhada geral com a resposta à questão sobre se a reacção exagerada que o projecto de reforma do sistema de saúde dos Estados Unidos tem gerado, se devia ou não ao racismo. A afirmação foi feita, durante a semana passada, pelo ex-Presidente americano Jimmy Carter:


«Em primeiro lugar, acho que é importante perceber que eu já era negro antes das eleições»


Veja o vídeo com a entrevista ao Presidente:


«Operação Pandemia» é o título deste vídeo, produzido na Argentina...

Gripe A


O mini-documentário «Operação Pandemia» do argentino Julián está a circular intensamente na internet.


A peça questiona as intenções por trás de tanto alarme sobre a gripe suína em todo o mundo, apresentando a versão de uma teoria conspiratória envolvendo o ex-secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld e o ex-presidente George Bush.


Veja o vídeo, aqui:


Dia do animal no canil de trofa...


Manuela, Santarem Portugal

"Viva o rei!"....


O adro da Sé de Viseu encheu-se de visitantes que quiseram assistir ao cortejo "Viseu Afonsina", organizado pela Câmara Municipal no âmbito das comemorações dos 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques em Viseu.


Mais de 300 figurantes trajaram a rigor e deram vida às personagens da época medieval, retratando as várias classes sociais da altura. A Sé e o Museu Grão Vasco serviram de cenário à teatralização do nascimento de D. Afonso Henriques, à sua coroação e às lutas entre cavaleiros.
Ao som de bombos, pandeiretas, gaitas de foles e flautas, o cortejo saiu do centro histórico em direcção ao rossio onde, mais uma vez, se fizeram lutas e performances históricas perante a assistência e o rei, montado a cavalo.


A acompanhar D. Afonso Henriques iam cavaleiros, elementos da nobreza, São Teotónio (padroeiro e confessor do rei), elementos do clero, malabaristas, bobos e o povo em grande euforia a gritar "Viva o rei!".


De regresso ao adro da Sé, os escudeiros encenaram episódios de luta sob os olhos atentos do rei e de toda corte. De seguida dois malabaristas animaram a festa, com lançamento de espadas (falsas) e pinos que faziam tangentes à convidada do público que participou no número.Os figurantes que participaram no cortejo pertencem a ranchos folclóricos e grupos etnográficos federados no concelho de Viseu, excepto os cavaleiros que eram elementos da GNR, assim como os cavalos que os transportaram.


Fernando Ruas também acompanhou o evento e, quando falou aos presentes, elogiou as associações: "Não há nenhum concelho que se possa orgulhar de ter um movimento associativo como o nosso".


Crianças no centro das atenções, mas pediatras aconselham a não exagerar nos cuidados...


A directora-geral da Organização Mundial de Saúde suavizou ontem o seu discurso sobre a gripe A, notando que o H1N1 não terá evoluído para formas mais graves e que as vacinas estão a revelar-se "muito eficazes".


"O vírus pode sofrer mutações a qualquer momento, mas desde Abril que podemos verificar, com base em dados fornecidos por laboratórios do mundo inteiro, que o vírus é muito semelhante" ao seu estado anterior, disse Margaret Chan, falando na reunião anual da OMS para o Pacífico Ocidental, em Hong Kong.


Assegurando que a OMS continua a monitorizar o vírus, acrescentou que "apenas os pacientes de alto risco, como os idosos, obesos e as pessoas com doenças crónicas poderão ser fortemente afectadas pelo vírus".


Ainda ontem um artigo publicado na revista britânica de doenças infecciosas, "The Lancet Infectious Diseases", chamava a atenção para a necessidade de encorajar a vacinação de doentes crónicos como os cardíacos e os diabéticos, estabilizando o risco de acidente vascular cerebral.


Ensaios clínicos realizados nos Estados Unidos da América mostraram que uma única dose 15 microgramas de vacina contra o vírus H1N1 é suficiente para proteger crianças e adolescentes entre os 10 e os anos com boa saúde, tal como para os adultos dos 18 aos 64 anos.


No entanto, crianças com menos de 10 anos mostraram uma resposta imunitária menos forte, devendo necessitar de duas doses. Os ensaios com indivíduos entre os seis meses e os 18 anos iniciaram-se nos EUA em Agosto.


Os bebés até um ano fazem parte dos grupos de risco, tal como as grávidas, as pessoas em contacto com os recém-nascidos, o pessoal de saúde e os adultos com menos de 65 anos com doenças crónicas.


As crianças estão a ser objecto de atenção especial, mas pediatras pedem contenção no exagero. O Hospital da Luz, em Lisboa, retirou todos os brinquedos das salas de espera pediátricas para evitar o contágio com a gripe A. Já antes o Hospital Pediátrico Dona Estefânia, na capital, retirara também os brinquedos das salas de espera da urgência e das consultas externas.


A Sociedade Portuguesa de Pediatria explica, no entanto, que basta retirar os de lavagem difícil, como os peluches. Para os restantes, são suficientes desinfectantes comuns de limpeza doméstica e água.


O pediatra Luís Almeida Santos, do Hospital de S. João, no Porto, teme que se crie um ambiente de "paredes lisas das prisões". O seu colega Mário Cordeiro duvida que a medida "nos livre da gripe A" e avisa que "não criará hábitos higiénicos para prevenir todas as ouras infecções e deixa as crianças com outra doença: o tédio, a monotonia e o receio". Ambos recomendam "bom senso" e "limpeza regular apurada".



Na sequência de ter contraído malária, o cantor foi internado, a conselho médico, no hospital Egas Moniz, em Lisboa...

Rui Veloso (Lux)


Rui Veloso está outra vez vez no hospital. O cantor encontrava-se em casa, a recuperar, sob medicação, da malária, doença que contraiu na sua recente viagem, a Moçambique mas, a conselho médico, acabou por ser internado para estar sob observação contínua dada a fragilidade da sua condição.


Recorde-se que, ainda em Julho, Rui Veloso foi operado de urgência aos intestinos, devido a um problema de divertículos (pequenas bolsas que se formam na parede do intestino grosso), estando prevista uma segunda cirurgia para a segunda quinzena de Outubro.


Os filhos, Joana, de 27 anos, Maria de 15 anos e Manuel, de 13, têm sido visitas regulares, bem como a ex-mulher, Paula Trigo Roza e a, até há pouco tempo namorada, actriz Sofia Grilo.

Projecto custará perto de cinco biliões. Obama é peso pesado na corrida pela nova cidade olímpica...


A candidatura americana aos Jogos Olímpicos de 2016 revelou esta segunda-feira imagens do projecto que pretende para a cidade receber o evento. Entre as várias alterações à cidade está também prevista a construção de uma ilha artificial.


Os norte-americanos estão neste momento a estudar o custo da iniciativa, mas os primeiros dados apontam para uma quantia que ronda os cinco biliões de dólares. A candidatura de Chicago está na corrida ao lado de Tóquio, Rio de Janeiro e Madrid. Os norte-americanos contam com um apoio de peso, já que Obama está directamente envolvido na campanha.


A Casa Branca informou no sábado que vai enviar uma equipa exploratória a Copenhaga para averiguar a possibilidade de uma deslocação pessoal do Presidente Obama para defender Chicago como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.


Um assessor de Barack Obama confirmou à Associated Press que a equipa exploratória irá verificar se será autorizada a intervenção pessoal do Presidente para defender a candidatura de Chicago, antes da reunião decisiva do Comité Olímpico Internacional.


A Casa Branca já tinha anunciado há uma semana que a Primeira-dama Michelle Obama irá viajar até Copenhaga antes da votação do COI, marcada para 2 de Outubro.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

"D. Afonso Henriques nasceu em Viseu"...



"D. Afonso Henriques nasceu em Viseu".
Foi a esta conclusão chegaram a maioria dos conferencistas que participaram no Congresso Internacional "Afonso Henriques 900 anos depois", que terminou sábado em Viseu


João Silva de Sousa, comissário-geral das comemorações dos 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques, reiterou o que já havia dito: "D. Afonso Henriques nasceu em Viseu, em Agosto de 1109". A afirmação foi repetida anteontem no encerramento do Congresso Internacional "Afonso Henriques 900 anos depois", integrado nas comemorações do nascimento do primeiro rei de Portugal.


"Todos os conferencistas foram unânimes ao concluir que D. Afonso Henriques nasceu aqui", à excepção de um participante que "apontou a sua origem para Guimarães, sem qualquer justificação válida ou prova científica", lembrou o comissário.


Na abertura do Congresso, dia 16, defendeu que o Ministério da Educação devia "dar ordens para que fossem alterados os manuais escolares quanto ao local de nascimento de D. Afonso Henriques, pois todos os documentos actualmente conhecidos apontam para Viseu".


O também professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa referiu que Almeida Fernandes foi o autor da tese "Viseu, Agosto de 1109, Nasce D. Afonso Henriques", a qual surgiu após um estudo encomendado pela Unidade Vimaranense - Associação para o Desenvolvimento de Guimarães e sua Região.


O congresso foi um dos pontos altos das comemorações dos 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques em Viseu. Durante quatro dias, 50 especialistas (nacionais e estrangeiros) em História de Portugal estiveram reunidos no Teatro Viriato para debater diversos temas, entre os quais, a História Política e das Instituições, a Reafirmação da Identidade, Afonso I - Laços Familiares, Relações Internacionais e Viseu - o local, a arte e as técnicas.


O vereador da Cultura e Educação da Câmara Municipal de Viseu, José Moreira, também interveio na sessão de encerramento, onde destacou dois aspectos que, na sua opinião, marcaram estas comemorações. O primeiro a ser ressalvado foi a exposição "Arte, Poder e Religião nos tempos Medievais", patente no Museu Grão Vasco, "perpetuada num catálogo", e o segundo foi o congresso, ao considerar que, depois deste evento, "nada vai ficar igual para Viseu e para a comunidade".


José Moreira salientou que a cidade "nunca reivindicou publicamente o berço de Portugal". "Reivindicamos, legitimados pela investigação, o nascimento de D. Afonso Henriques", acrescentou. O professor João Silva de Sousa também já tinha dito, no primeiro dia do congresso, que este facto "não retira a Guimarães a importância de ser o berço da nacionalidade".


O vereador frisou que as câmaras municipais "devem envolver-se mais na Cultura", porque "é um dado importante na competitividade das cidades" e um complemento à educação e formação.
Quanto a Viseu, disse que "ainda há muito para fazer". Rui Moura, comandante do Regimento de Infantaria 14, e Maria Alegria Marques, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra foram os conferencistas escolhidos para o último dia do congresso.
O primeiro deu a conhecer a relação de D. Afonso Henriques com Viseu e o surgimento do poder municipal; a segunda falou das relações internacionais do rei, com destaque para o seu casamento com Mafalda de Sabóia.



Associação
D. Afonso Henriques
O comissário das comemorações, João Silva de Sousa sugeriu ainda a criação de uma Associação D. Afonso Henriques, que colmatasse algumas lacunas, nomeadamente, a inexistência "de uma estátua ou alameda condigna". Considerou que seria "um descalabro" se se perdesse a "memória de Viseu como berço do nosso primeiro rei".
"A Academia Portuguesa de História e a Fundação Mariana Seixas tudo farão para que não seja esquecido que D. Afonso Henriques nasceu em Viseu", disse, lembrando a garantia dada pela presidente da Academia, Manuela Mendonça, que também participou no congresso.
Adiantou ainda que no dia 6 de Dezembro haverá uma missa solene na Sé, pela morte do primeiro rei de Portugal, dia em que terminam as comemorações dos 900 anos do seu nascimento em Viseu.

Inaugurada em Várzea de Calde ...


O Núcleo Museológico Casa da Lavoura e Oficina
do Linho foi ontem inaugurado em Várzea de Calde, constituindo a segunda a pedra na Rede Municipal de Museus, projecto da Câmara que está em desenvolvimento


O presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, elogiou o trabalho desenvolvido pela equipa de Alberto Correia, que chefiou o projecto de criar um museu do linho em Várzea de Calde. "Fez um trabalho fantástico", sublinhou o autarca.


O edil viseense frisou que lhe "custa muito" ver o centro das aldeias a desertificarem-se", pelo que "obras como a do Núcleo Museológico são importantes" para reverter essa tendência. Tanto mais que Fernando Ruas salientou "gostar da genuinidade do mundo rural".


Utilizou uma frase que amiudadas vezes cita: "Para falar ao vento são só precisas palavras, para falar ao coração são necessárias obras!" Para si, o Núcleo Museológico Casa da Lavoura e Oficina do Linho "está na raiz, no coração das pessoas".


O presidente da Junta de Freguesia de Calde, Herculano Gonçalves, agradeceu a obra à Câmara de Viseu e Alberto Correia, o 'arquitecto' do projecto fez uma visita guiada ao Museu, tendo realçado o trabalho de Raquel Greenleafe, a responsável pela nova infra-estrutura, e as fotografias de José Alfredo, que são a imagem do processo de fabrico do linho, mostram os bonitos locais da freguesia e identificam o trabalho dos agricultores.


Expostos estão artefactos, quer da lavoura, quer do fabrico do linho. Desde alfaias a teares, passando por cozinhas e por utensílios ainda usados hoje em dia, tudo pode ser apreciado por quem visitar este espaço de cultura.


Aberto a todos, o Museu receberá, prioritariamente, na próxima semana, a visita de professores. Como casa de conhecimento e de cultura, é natural que quem ensina saiba o que existe neste Núcleo, para depois guiar os seus alunos.


O Núcleo Museológico Casa da Lavoura e Oficina do Linho é a segunda pedra da Rede Municipal de Museus. A primeira foi o Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental. Seguir-se-ão o Museu do Quartzo, Sinagoga, Casa da Ribeira e o Museu de Arqueologia, na Casa do Miradouro.


Termo usado na primeira semana de campanha não é do total conhecimento dos portugueses...


Um dos assuntos que dominou a primeira semana da campanha foi o TGV. Desvendamos agora alguns dos segredos deste tipo de transporte e mostramos-lhe ainda o que pensam os portugueses sobre o comboio de alta velocidade.


O TGV é de facto uma marca dada ao comboio de alta velocidade construído pela empresa Alstom, marca essa que está inclusivamente registada na sociedade nacional de caminhos de ferro francesa.


O que em França se chama TGV, na Espanha dá pelo nome de AVE, na Alemanha ICE, nos Estados Unidos chama-se Acela Express e na longínqua Coreia do Sul dá pelo nome de KTX.


Mas será que o TGV, ou melhor, o comboio de alta velocidade permite transportar passageiros ou só mercadorias? Esclarecemos mais uma vez que este tipo de comboios transporta, de facto, passageiros, mas também serve para transportar mercadorias.


Dizer ainda que o comboio de alta velocidade introduzido em França no inicio da década de 80 não é o mais rápido do mundo. Esse titulo para a tecnologia Maglev utilizada no Japão, que atinge, desde 2003, velocidades de 581 km/h.


Informações importantes a poucos dias das eleições cuja campanha tem sido marcada pelo TGV

«Se jogar só uma hora, mas está as doze horas seguintes a pensar no jogo, embora não esteja a jogar...


Com o avanço das novas tecnologias, surgem novos vícios, entre eles a dependência de vídeojogos.


São cada vez mais os relatos de sessões de jogo online que duram horas a fio e há mesmo quem faça dos videojogos fonte de rendimento. Mas os especialistas avisam: tal como o álcool ou o tabaco, também os videojogos podem provocar dependência.


É o caso de Ricardo Pacheco, jogador semi-profissional de «Counterstrike». «Comecei a jogar com amigos, numa lan-house e foi vício à primeira», reconhece. Este comportamento preocupa os especialistas, como reconhece a psicóloga Mafalda Ferreira: «A preocupação é o tempo que despende no jogo, a preocupação com o jogo e o que deixa de fazer na sua vida para jogar».


Ricardo é presença habitual em torneios internacionais de «Counterstrike» e já ganhou vários milhares de euros. Diz que tem de jogar muitas horas para poder manter o nível.


Mas, muitas horas de jogo não têm de ser sinónimo de vício. Tudo depende das consequências que o jogo provoca no dia-a-dia. «Se jogar só uma hora, mas está as doze horas seguintes a pensar no jogo, embora não esteja a jogar, acaba por ser um comportamento disfuncional», analisa Mafalda Ferreira.

domingo, 20 de setembro de 2009

Líder do PSD calcorreou feira de S. Mateus em Viseu, o distrito «talismã», como lhe chama Ruas...


Havia bandeiras de 1991, ano em que Cavaco Silva conquistou a segunda maioria absoluta, muitos militantes à espera e uma das maiores feiras do Norte, numa tarde soalheira de domingo.


No «cavaquistão», Manuela Ferreira Leite tem «casa-cheia» garantida, e faz uma incursão pela sua primeira feira durante a campanha, enquanto uma menina espera para lhe dar uma filhós feita em casa pela mãe. Jacinta, filha de pais sociais-democratas - «aqui no distrito, somo todos», garantem à tvi24.pt - furou o batalhão de jornalistas que acompanham a volta da líder do PSD pelo país, os «jotas» animados pelo território amistoso e os notáveis que este domingo rodeiam a candidata a primeira-ministra.


É dia de «asfixia social» - um mote lançado ontem por Manuel Alegre -, ao qual Ferreira Leite respondeu esta manhã, trocando as voltas ao discurso do histórico socialista. Talvez por isso Fernando Seara, que veio hoje apoiar a comitiva laranja, tenha também devolvido as acusações do PS para garantir que «em Sintra, não há asfixia social».


«Eu sou um exemplo, e não admito contestação», disse o autarca de Sintra, não admitindo assim as referências «nem de uma figura média, nem por um grande português, como o dr. Alegre».


A volta pela feira de S. Mateus não foi fácil: à comitiva laranja, juntavam-se militantes e quem desconhecia porque havia «tanta televisão» no recinto numa tarde de domingo.


A resposta sai pronta de quem aproveita a rua entupida pela caravana para comprar um gelado, numa barraquinha lateral. «É a nossa líder, mas não sabia que era tão baixinha».


Há quem não se contente em observar de perto Ferreira Leite, e lhe tente falar - uma tarefa praticamente impossível, no meio da feira, no meio das palavras de ordem da «jota», no meio da confusão mediática que acompanha a candidata.


«O Ruas é quem manda aqui» - é já um clássico nas campanhas sociais-democratas em Viseu - é um desses slogans, que espelha bem a mobilização de que o partido no distrito é capaz.


Ao final de dia, Ferreira Leite está no Instituto Politécnico, para uma sessão pública, contando com a presença da «figura-talismã» para as campanhas do PSD, como Fernando Ruas, presidente da câmara, chamou ao eurodeputado Paulo Rangel.

Reflexões Professor Medina Carreira...

Reflexões
Professor Medina Carreira


Nota: O Professor Medina Carreira, um dos mais capacitados economistas portugueses, sempre que fala, deixa o País a reflectir, estupefacto. Aqui deixamos a síntese de uma das últimas entrevistas que concedeu. A não perder.


*********************************************************************************

"Vocês, comunicação social, o que dão é esta conversa de «inflação menos 1 ponto», o «crescimento 0,1 em vez de 0,6»...Se as pessoas soubessem o que é 0,1 de crescimento, que é um café por português de 3 em 3 dias... Portanto andamos a discutir um café de 3 em 3 dias...mas é sem açucar"


"Eu não sou candidato a nada, e por conseguinte não quero ser popular. Eu não quero é enganar os portugueses. Nem digo mal por prazer, nem quero ser «popularuxo» porque não dependo do aparelho político!"


"Ainda há dias eu estava num supermercado, numa bicha para pagar, e estava uma rapariga de umbigo de fora com umas garrafas, e em vez de multiplicar «6x3=18», contava com os dedos: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7... Isto não é ensino...é falta de ensino, é uma treta! É o futuro que está em causa!"


"Os números são fatais. Dos números ninguém se livra, mesmo que não goste. Uma economia que em cada 3 anos dos últimos 27, cresceu 1% ...esta economia não resiste num país europeu."


"Quem anda a viver da política para tratar da sua vida, não se pode esperar coisa nenhuma. A causa pública exige entrega e desinteresse."


"Se nós já estamos ultra-endividados, faz algum sentido ir gastar este dinheiro todo em coisas que não são estritamente indispensáveis?


P'rá gente ir para o Porto ou para Badajoz mais depressa 20 minutos? Acha que sim?


A aviação está a sofrer uma reconversão, vamos agora fazer um aeroporto, se calhar não era melhor aproveitar a Portela?


Quer dizer, isto está tudo louco?"


"Eu por mim estou convencido que não se faz nada para pôr a Justiça a funcionar porque a classe política tem medo de ser apanhada na rede da Justiça. É uma desconfiança que eu tenho. E então, quanto mais complicado aquilo fôr..."


"Nós tivemos nos últimos 10-12 anos 4 Primeiros-Ministros:
-Um desapareceu;
-O outro arranjou um melhor emprego em Bruxelas, foi-se embora;
-O outro foi mandado embora pelo Presidente da República;
-E este coitado, anda a ver se consegue chegar ao fim"


"O João Cravinho tentou resolver o problema da corrupção em Portugal. Tentou. Foi "exilado" para Londres. O Carrilho também falava um bocado, foi para Paris. O Alegre depois não sei para onde ele irá... Em Portugal quem fala contra a corrupção ou é mandado para um "exílio dourado", ou então é entupido e cercado."


"Mas você acredita nesse «considerado bem»?
Então, o meu amigo encomenda aí uma ponte que é orçamentada para 100 e depois custa 400? Não há uma obra que não custe 3 ou 4 vezes mais? Não acha que isto é um saque dos dinheiros públicos? E não vejo intervenção da polícia...Há-de acreditar que há muita gente que fica com a grande parte da diferença!"


"De acordo com as circunstâncias previstas, nós por volta de 2020 somos o país mais pobre da União Europeia. É claro que vamos ter o nome de Lisboa na estratégia, e vamos ter, eventualmente, o nome de Lisboa no tratado. É, mas não passa disso. É só para entreter a gente..."


"Isto é um circo. É uma palhaçada. Nas eleiçoes, uns não sabem o que estão a prometer, e outros são declaradamente uns mentirosos: -Prometem aquilo que sabem que não podem."


"A educação em Portugal é um crime de «lesa-juventude»:
Com a fantasia do ensino dito «inclusivo», têm lá uma data de gente que não quer estudar, que não faz nada, não fará nada, nem deixa ninguém estudar. Para que é que serve estar lá gente que não quer estudar? Claro que o pessoal que não quer estudar está lá a atrapalhar a vida aqueles que querem estudar. Mas é inclusiva....
O que é inclusiva? É para formar tontos? Analfabetos?"


"Os exames são uma vergonha.
Você acredita que num ano a média de Matemática é 10, e no outro ano é 14? Acha que o pessoal melhorou desta maneira? Por conseguinte a única coisa que posso dizer é que é mentira, é um roubo ao ensino e aos professores ! Está-se a levar a juventude para um beco sem saída. Esta juventude vai ser completamente desgraçada!


"A minha opinião desde hà muito tempo é TGV- Não!
Para um país com este tamanho é uma tontice. O aeroporto depende. Eu acho que é de pensar duas vezes esse problema. Ainda mais agora com o problema do petróleo.


"Bragança não pode ficar fora da rede de auto-estradas? Não?
Quer dizer, Bragança fica dentro da rede de auto-estradas e nós ficamos encalacrados no estrangeiro? Eu nem comento essa afirmação que é para não ir mais longe...
Bragança com uma boa estrada fica muito bem ligada. Quem tem interesse que se façam estas obras é o Governo Português, são os partidos do poder, são os bancos, são os construtores, são os vendedores de maquinaria...Esses é que têm interesse, não é o Português!"


"Nós em Portugal sabemos resolver o problema dos outros:
A guerra do Iraque, do Afeganistão, se o Presidente havia de ter sido o Bush, mas não sabemos resolver os nossos. As nossas grandes personalidades em Portugal falam de tudo no estrangeiro: criticam, promovem, conferenciam, discutem, mas se lhes perguntar o que é que se devia fazer em Portugal nenhum sabe. Somos um país de papagaios...


Receber os prisioneiros de Guantanamo?
«Isso fica bem e a alimentação não deve ser cara...» Saibamos olhar para os nossos problemas e resolvê-los e deixemos lá os outros...Isso é um sintoma de inferioridade que a gente tem, estar sempre a olhar para os outros. Olhemos para nós!"


"A crise internacional é realmente um problema grave, para 1-2 anos.Quando passar lá fora, a crise passará cá. Mas quando essa crise passar cá, nós ficamos outra vez com os nossos problemas, com a nossa crise. Portanto é importante não embebedar o pessoal com a ideia de que isto é a maldita crise. Não é!"


"Nós estamos com um endividamento diário nos últimos 3 anos correspondente a 48 milhões de euros por dia: Por hora são 2 milhões! Portanto, quando acabarmos este programa Portugal deve mais 2 milhões! Quem é que vai pagar?"


"Isso era o que deveríamos ter em grande quantidade.
Era vender sapatos. Mas nós não estamos a falar de vender sapatos. Nós estamos a f alar de pedir dinheiro emprestado lá fora, pô-lo a circular, o pessoal come e bebe, e depois ele sai logo a seguir..."


"Ouça, eu não ligo importância a esses documentos aprovados na Assembleia...
Não me fale da Assembleia, isso é uma provocação... Poupe-me a esse espectáculo...."


"Isto da avaliação dos professores não é começar por lado nenhum.
Eu já disse à Ministra uma vez «A senhora tem uma agenda errada"» Porque sem pôr disciplina na escola, não lhe interessa os professores. Quer grandes professores? Eu também, agora, para quê? Chegam lá os meninos fazem o que lhes dá na cabeça, insultam, batem, partem a carteira e não acontece coisa nenhuma. Vale a pena ter lá o grande professor? Ele não está para aturar aquilo...Portanto tem que haver uma agenda para a Educação. Eu sou contra a autonomia das escolas Isso é descentralizar a «bandalheira»."


"Há dias circulava na Internet uma noticía sobre um atleta olímpico que andou numa "nova oportunidade" uns meses, fez o 12ºano e agora vai seguir Medicina...
Quer dizer, o homem andava aí distraído, disseram «meta-se nas novas oportunidades» e agora entra em Medicina...
Bem, quando ele acabar o curso já eu não devo cá andar felizmente, mas quem vai apanhar esse atleta olímpico com este tipo de preparação...
Quer dizer, isto é tudo uma trafulhice..."


"É preciso que alguém diga aos portugueses o caminho que este país está a levar.
Um país que empobrece, que se torna cada vez mais desigual, em que as desigualdades não têm fundamento, a maior parte delas são desigualdades ilegítimas para não dizer mais, numa sociedade onde uns empobrecem sem justificação e outros se tornam multi-milionários sem justificação, é um caldo de cultura que pode acabar muito mal. Eu receio mesmo que acabe."


"Até hà cerca de um ano eu pensava que íamos ficar irremediavelmente mais pobres, mas aqui quentinhos, pacifícos, amiguinhos, a passar a mão uns pelos outros...
Começo a pensar que vamos empobrecer, mas com barulho...
Hoje, acrescento-lhe só o «muito». Digo-lhe que a gente vai empobrecer, provavelmente com muito barulho...
Eu achava que não havia «barulho», depois achava que ia haver «barulho», e agora acho que vai haver «muito barulho». Os portugueses que interpretem o que quiserem..."


"Quando sobe a linha de desenvolvimento da União Europeia sobe a linha de Portugal. Por conseguinte quando os Governos dizem que estão a fazer coisas e que a economia está a responder, é mentira! Portanto, nós na conjuntura de médio prazo e curto prazo não fazemos coisa nenhuma. Os governos não fazem nada que seja útil ou que seja excessivamente útil. É só conversa e portanto, não acreditem...
No longo prazo, também não fizemos nada para o resolver e esta é que é a angústia da economia portuguesa."


"Tudo se resume a sacar dinheiro de qualquer sitío. Esta interpenetração do político com o económico, das empresas que vão buscar os políticos, dos políticos que vão buscar as empresas...Isto não é um problema de regras, é um problema das pessoas em si...Porque é que se vai buscar políticos para as empresas?
É o sistema, é a (des)educação que a gente tem para a vida política...
Um político é um político e um empresário é um empresário. Não deve haver confusões entre uma coisa e outra. Cada um no seu sítio. Esta coisa de ser político, depois ministro, depois sai, vai para ali, tira-se de acolá, volta-se para ministro...é tudo uma sujeira que não dá saúde nenhuma à sociedade."


"Este país não vai de habilidades nem de espectáculos.
Este país vai de seriedade. Enquanto tivermos ministros a verificar preços e a distribuir computadores, eles não são ministros. São propagandistas ! Eles não são pagos nem escolhidos para isso! Eles têm outras competências e têm que perceber quais os grandes problemas do país!"


"Se aparece aqui uma pessoa para falar verdade, os vossos comentadores dizem «este tipo é chato, é pessimista»...
Se vem aqui outro trafulha a dizer umas aldrabices fica tudo satisfeito...
Vocês têm que arranjar um programa onde as pessoas venham à vontade, sem estarem a ser pressionadas, sossegadamente dizer aquilo que pensam. E os portugueses se quiserem ouvir, ouvem. E eles vão ouvir, porque no dia em que começarem a ouvir gente séria e que não diz aldrabices, param para ouvir. O Português está farto de ser enganado! Todos os dias tem a sensação que é enganado!"