So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Primeira pagina - parte 1

Matou a mulher porque ela atendeu o telefone enquanto faziam sexo

Um homem, Garron Lewis, de Milwaukee, nos Estados Unidos, matou a mulher, Sharron Dorsey, porque ela atendeu o telefone enquanto estavam a ter relações sexuais, de acordo com o site da ABC.

O homem terá ido a casa do vizinho confessar o homicídio. Terá ainda afirmado que a matou usando o cinto da vítima.

Exames mostram que Sharron Dorsey morreu por asfixiamento por ter sido estrangulada.

TVi24

Passageira comeu lagarto na refeição do avião

Uma passageira da American Airlines alega que comeu um lagarto numa refeição de um avião que viajava de Nova Iorque, nos EUA, para San Juan, em Porto Rico.

Segundo o «New York Post», Monserrate Luna processou a companhia em mais de 11 milhões de euros e testemunhou em tribunal que «quis morrer» quando percebeu o que lhe tinha acontecido.

A passageira comia uma refeição de frango enquanto via um vídeo no voo quando sentiu algo de errado. Monserrate garante que cuspiu um bocado da «misteriosa» refeição e que lhe pareceu um lagarto.

O advogado da companhia aérea justificou que o que ela viu era pele de frango. «Podia haver algumas penas, ou o que parecia serem penas... mas nada de lagarto», disse Kenneth Gormley.

TVi24

Nova bactéria muda forma de procurar vida no espaço

Nova bactéria muda forma de procurar vida no espaço
A NASA causou uma onda de especulações e de notícias na Internet, acerca da possível descoberta do ET, quando anunciou que faria ontem  uma conferência de imprensa sobre "uma descoberta com impacto na busca de vida extraterrestre". Afinal, é uma bactéria que existe na Terra, num lago da Califórnia, e que usa um elemento diferente no seu metabolismo: o arsénico, que para os outros seres vivos é um veneno. 

A notícia "incrível", como a designam responsáveis da NASA, alarga a noção de vida e permite outro olhar sobre Marte e Titã
Uma bactéria "do outro mundo", encontrada nos sedimentos do lago californiano Mono, nos EUA, baseia o seu metabolismo - e integra na sua estrutura quími- ca - o arsénico, um elemento que é um veneno para a vida tal como a conhecíamos até agora. A descoberta inaugura um capítulo completamente novo na microbiologia e alarga as possibilidades de busca de vida extraterrestre. "Com este novo elemento na lista dos que constituem a vida, talvez possamos encontrar agora o ET", afirmou ontem, em conferência de imprensa transmitida através da Internet, a directora do programa de astrobiologia da NASA, Mary Voitek.

Algumas luas e planetas do sistema solar transformam-se desde já em mundos potenciais para essa busca, que agora fica mais alargada. Titã, por exemplo, é um desses mundos. E, Marte, aqui ao lado, também.
"Há luas de Saturno, como Titã, onde a temperatura extremamente baixa, de 180 graus Celsius negativos, pode permitir que o arsénico se constitua como elo estável numa estrutura entre possíveis moléculas orgânicas", adiantou na mesma conferência da NASA o bioquímico Steven Benner, da Foudation for Applied Molecular Evolution.

Marte é outro alvo, como admitiu Mary Voitek e também Pamela Conrad, que dirige, no Goddard Space Flight Center da NASA, a futura missão Mars Science Lab que deverá ser lançada dentro de um ano para tentar encontrar vida microbiana no Planeta Vermelho.

"Esta descoberta alarga a nossa visão do que poderemos procurar em termos de ambiente capaz de suportar a vida", admitiu Pamela Conrad, sublinhando que "se se encontrarem ali moléculas orgânicas e também arsénico podemos começar a pensar de outra maneira em relação à existência de vida".

Carbono, hidrogénio, nitrogénio, oxigénio, fósforo e enxofre são os constituintes básicos da vida na Terra, tal como a conhecemos até agora. O fósforo, nomeadamente, é parte integrante da estrutura química do ADN e do ARN, que contêm e transportam as instruções genéticas da vida, e também das paredes das células que constituem os tecidos dos organismos vivos. Sem fósforo, não existe vida. Pois bem, a bactéria encontrada no lago Mono pela investigadora Felisa Wolfe-Simon, e que ela designou GFAJ-1, utiliza o arsénico para essas funções, em vez do fósforo, tal como a sua equipa demonstrou num artigo publicado ontem na Science Express.

Presente na conferência da NASA, a jovem investigadora da US Geological Survey, que foi financiada pela agência espacial americana nestes estudos, sublinhou que "esta descoberta lembra-nos que a vida tal como a conhecemos pode ser muito mais flexível do que geralmente pensamos". A substituição do fósforo pelo arsénico "mostra-nos uma forma de vida muito diferente, o que tem vastas implicações sobre o nosso conhecimento acerca do funcionamento do nosso próprio planeta", adiantou. Além disso, "se um microorganismo pode fazer uma coisa tão inesperada na Terra, o que pode a vida fazer mais que ainda não vimos? É preciso descobri-lo", disse, notando que isto abre uma porta nova à busca de vida fora da Terra. "Um dia encontraremos vida noutro lugar", concluiu

DN

Australiano casou-se com a «melhor amiga»... a cadela

Um australiano, Joseph Guiso, casou na terça-feira. A felizarda «noiva» foi a sua cadela labrador de cinco anos «Honey». O casamento foi em «Laurel Bank Park».

de acordo com o jornal «The Chronicle», 30 amigos do «casal» estiveram presentes na cerimónia.

«És a minha melhor amiga e fazes os meus dias melhores», disse Joseph Guiso.

O noivo destacou que a relação não envolve sexo.

TVi24

Líder de cartel de droga proíbe traficantes de... consumir drogas

Um dos mais perigosos cartéis de droga do México proibiu os seus traficantes de usar drogas, beber, roubar, ser violento contra mulheres ou conduzir acima do limite de velocidade, informam as autoridades do México, de acordo com a BBC.

O grupo, conhecido como Família Michoacana, são obrigados a respeitar a comunidade. Segundo a polícia estas atitudes ajudam a que o grupo tenha um forte apoio popular.

Um dos fundadores do grupo, Nazario Moreno, é considerado uma espécie de pastor religioso, que impõe o bom comportamento nos elementos do cartel.

O cartel nasceu em 2006 e inicialmente era formado por ex-soldados de elite do Exército. Jornais afirmavam que se propunha a defender o Estado de extorsões, sequestros e homicídios praticados por outros cartéis. Opera em Michoacán, onde a agricultura é a maior fonte de dinheiro.


TVi24

Funerária exibe enterros em directo

A vaga de emigração que leva muito dos habitantes de Governador Valadares, em Minas Gerais, no Brasil, levou uma funerária daquela cidade a transmitir funerais em directo na Internet para a família emigrada do defunto.

Pelo preço de 100 reais (cerca de 44 euros), a funerária Gonzaga transmite em directo a missa, o cortejo fúnebre e o enterrar dos parentes dos mais 40 mil cidadãos de Governador Valadares que vivem no exterior.

A cerimónia pode ser acompanhada de qualquer parte do mundo por um máximo de 50 pessoas, em simultâneo. Através do mesmo site, os cidadãos a viver no estrangeiro poderão também enviar arranjos de flores e, ainda, combinar os últimos detalhes através do chat da funerária.

«Sabemos que existem câmaras-ardentes de velório com câmaras, mas, mesmo assim, somos pioneiros porque oferecemos um serviço itinerante», disse Eres Gonzaga, gestor da funerária, e mentor do negócio, citado pela agência EFE.

TVi24

Primeira pagina - parte 2

Novo dinossauro na Coreia do Sul

Novo dinossauro  na Coreia do Sul
O 'Koreaceratops' vem preencher um vazio de registos fósseis na região.
Havia traços e vestígios, como ovos fossilizados e pegadas, mas nunca até agora tinham sido encontradas partes de esqueleto fossilizadas de dinossauros na península da Coreia. Logo à primeira, a equipa internacional que fez o achado descobriu também uma nova espécie de dinossauro, um ceratópode, que significa que tinha cornos ou saliências ósseas na cabeça.

O Koreaceratops hwaseonengis, como foi designado pelos seus descobridores, viveu há 103 milhões de anos, no período Cretáceo, e foi ontem anunciado pelos seus descobridores na revista científica de língua alemã Naturwissenchaften.

"Esta é uma descoberta rara", afirmou Michael Ryan, curador para a área da paleontologia de vertebrados do Museu da História Natural de Cleveland, nos Estados Unidos, e um dos autores do achado, juntamente com investigadores da Coreia do Sul e do Japão.

"Nunca se tinham encontrado fósseis de dinossauro nesta região, apesar de anteriormente se terem encontrado outros vestígios, como ovos fossilizados e pegadas", explicou o investigador norte-americano.
Com a dimensão de um ser humano de estatura média-baixa (1,67 metros), uma cabeça ornamentada por protuberâncias ósseas e uma causa alargada na ponta, o Koreaceratops reflecte no nome a sua origem geográfica. A Coreia, desde logo. E hwaseonengis refere-se à cidade junto à qual foram encontrados os seus fósseis: Hawseong. Mas o seu nome reflecte também o seu género de ceratópode, que se refere especificamente às protuberâncias na cabeça.

A descoberta deste espécime "é importante na medida em que vem preencher um vazio de 20 milhões de anos", do ponto de vista do registo fóssil nesta região e porque permite documentar agora o período "entre a origem destes dinossauros na Ásia e a sua primeira aparição na América do Norte", segundo explicou o paleontólogo do Museu de História Natural de Cleveland.

Com o seu pouco mais de metro meio e menos de 50 quilos de peso, o dinossauro da Coreia da Sul é relativamente pequeno, quando comparado com os seus parentes e predecessores na América do Norte, como o Triceratops, que era um autêntico gigante.

O estudo dos fósseis do dinossauro da Coreia, que incluem parte da cauda, dos membros e da queixada, mostrou que esta espécie, que tinha o focinho a terminar em forma de bico, era herbívoro e conseguia deslocar-se a uma boa velocidade sobre as pernas traseiras. A sua cauda um pouco bizarra sugere que ele deveria ser também um bom nadador, segundo os investigadores que estudaram os fósseis.

DN

Estudante descobre pela Internet que é acusado de assassinato

Um estudante, Zachary Garcia, da Flórida, Estados Unidos, fez uma procura pelo seu nome na Internet e descobriu que estava a ser procurado pela polícia por assassinato.

«Fiquei muito chocado quando vi a minha fotografia e o artigo a dizer que era acusado de assassinato», acrescentando «fiquei chateado porque alguém disse que eu tinha feito algo que não tinha feito», disse Zachary Garcia, citado pelo jornal «Huffington post».

Zachary Garcia contactou a polícia e descobriu que o verdadeiro assassino se chamava Zachery Garcia, com «e». Mas valeu para o susto, pois o jovem pensou que ia ser expulso da faculdade e perder o emprego.

TVi24

FBI alerta: nova Barbie pode ser usada por pedófilos

O FBI lançou um alerta sobre a nova Barbie «Video Girl», avisando que a boneca com uma câmara incorporada pode ser aproveitada por pedófilos para gravar pornografia infantil.

A câmara permite gravar até 30 minutos de vídeo, sendo depois possível descarregar as imagens e vê-las num computador.

A fabricante da Barbie, a Mattel, defendeu-se, assegurando que pensou o produto com a máxima segurança para as crianças.



TVi24

Interior com menos habitantes

Mais de um terço dos municípios portugueses têm menos de dez mil habitantes, em zonas já despovoadas

Mais de um terço dos municípios portugueses, sobretudo no interior, não chegam aos dez mil habitantes, mas, apesar de representarem uma população reduzida, a maioria deles tem, em média, uma junta de freguesia para menos de mil pessoas.

Um total de 110 dos 308 municípios portugueses têm menos de 10 mil habitantes, 93 deles localizados no Continente, 12 nos Açores e cinco na Madeira. Cerca de metade (53) destes 110 municípios têm cinco mil ou menos habitantes. Distribuem-se especialmente pelo interior do País e em zonas já despovoadas: no distrito de Portalegre há 12 concelhos com menos de 10 mil habitantes e nove deles têm uma população inferior a cinco mil.

No distrito de Beja existem dez municípios com menos de 10 mil habitantes, em Évora e na Guarda são nove estes pequenos municípios, em Bragança oito, em Vila Real, Viseu e Santarém sete e em Castelo Branco seis.

Alvito, com 2720 habitantes, e Barrancos, com 1697, ambos no distrito de Beja, são os que apresentam uma população mais reduzida no continente. Porto Moniz, com 2645 habitantes, é o concelho com menos gente na Madeira, enquanto Corvo, nos Açores, com apenas 488 pessoas, é o mais pequeno município do País. Segundo o Ministério da Saúde, existe em Portugal apenas um médico de família para cada 1600 utentes.

DN

É Natal e eles dão notas de 100 dólares

Pais Natais anónimos estão a percorrer ruas de Charlotte, cidade do Estado norte-americano da Carolina do Norte, e a oferecer notas de cem dólares (75 euros) a pessoas, através de um aperto de mão, avança a agência «Associated Press».

O jornal Charlotte Observer relatou que o grupo de benfeitores, que insiste no anonimato, entregou este sábado notas de cem dólares a quem parecia precisar do dinheiro.

Uma das pessoas que recebeu a nota, Felicia Adams, disse que o dinheiro permitir-lhe-á ir a Nova Iorque visitar o pai, que está a morrer de cancro.

TVi24

Estudantes lançam-se no negócio da cura da ressaca

Dois estudantes norte-americanas decidiram investir no negócio da redução dos efeitos matinais do excesso de álcool com serviços especializados para os anfitriões e convidados de festas universitárias.

«Hangover Helpers» (ajudantes da ressaca em português) é o nome da marca de Marc Simons e Alex Vere-Nicoll, lançada há duas semanas atrás no campo universitário de Boulder, no Colorado.

Por apenas 15 dólares (cerca de 11 euros) por pessoa, os dois jovens oferecem-se para entregar burritos, bebidas energéticas e compridos para as dores estômago e, ainda, limpar os vestígios da festa da noite anterior.

«Podemos ser contactados a meio da noite, durante a festa, ou assim que se aperceberem que está a sair do controlo para fazer uma marcação para a manhã seguinte», declarou à AFP um dos jovens empresários, Vere-Nicoll.

«Volto a ligar sempre na manhã seguinte para confirmar a marcação porque, muita das vezes, bebem demasiado e nem se lembram de ter feito o telefonema», acrescentou.

Os jovens empresários acrescentaram ainda que, apesar de o negócio estar um pouco parado por estarem em época de exames,esperam expandi-lo e contratar mais estudantes para os ajudar a dar conta do serviço.

TVi24

Polícia à paisana salva homem no metro de Madrid

Um polícia à paisana é o herói do momento. Salvou um homem que estava caído na linha do metro de Madrid, prestes a ser atropelado. Veja o vídeo.



As imagens do circuito interno de segurança do metro de Madrid, divulgadas pela polícia espanhola, mostram o dramático resgate do homem que caiu na linha, na estação de Puerta del Ángel.

Segundo a Imprensa espanhola, o homem, de 41 anos, estaria bêbado e perdeu o equilíbrio quando estava na plataforma.

As imagens mostram o desespero dos outros passageiros que estavam na estação. Bracejavam e gritavam, tentando alertar o motorista do metro que estava a chegar à estação.

Foi nesse momento que o polícia saltou para a linha e conseguiu arrastar o homem segundos antes da passagem do metro.

O herói tem 30 anos e fez o juramento na Escola Básica da Polícia há pouco mais de dois meses.

Hoje, encontrava-se fora de serviço e, segundo contou, aproveitou a manhã para ir às compras com a noiva.

JN