So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sábado, 20 de fevereiro de 2010

IMPRENSA /Portugal Primeira pagina...






















EXTRA - Se andou no Magisterio Primario de Viseu em 1958-60...



O Francisco Martins quer reunir os antigos alunos da Escola do Magistério Primário de Viseu para comemorar o 50º aniversário do curso 1958-60. Mandem email!



Viseu Senhora da Beira


DESPORTO - Hulk apanha quatro meses SAPUNARU CASTIGADO COM MEIO ANO DE SUSPENSÃO...


A Comissão Disciplinar da Liga decidiu castigar Hulk por quatro meses e Sapunaru por seis. Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar (CD) da Liga, confirmou há instantes a notícia adiantada pelo nosso jornal.

A pena foi abaixo do limite mínimo porque a CD "entendeu levar a cabo uma atenuação especial de pena para os dois jogadores", uma vez que "houve um quadro geral de provocação no final do jogo".

"Este quadro resulta de uma conjugação de atos, que não assentou nem em insultos nem em agressões por parte dos assistentes de recinto desportivo, mas numa dicussão verbal", referiu Ricardo Costa.

Os assistentes de recinto desportivo não têm sanção porque "para a Comissão Disciplinar não são agentes desportivos".

O líder da CD da Liga afirmou que os processos que resultaram nas suspensões de Hulk e Sapunaru, na sequência dos incidentes do túnel da Luz, tiveram "carácter prioritário" e foram decididos com a máxima celeridade.

"Este processo seguiu os seus termos normais. No âmbito dos muitos processos disciplinares que resolvemos desde setembro, este foi um dos mais rápidos que decidimos. Foi uma decisão rápida, célere e sem atropelos das leis", afirmou o responável da CD da Liga.


O Record


INTERNACIONAL - Arquivos britânicos sobre Ovnis divulgados...

Circular, disco ou triangular... vários são os formatos e tamanhos de Ovnis (objectos voadores não identificados) presentes nas mais de 6 mil páginas de relatos de aparições de Ovnis entre 1944 e 2000, libertadas pelo Ministério da Defesa e os Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha.

Nos relatos estão detalhes sobre a aparência dos objectos e desenhos feitos por testemunhas, de acordo com a BBC Brasil.

Um deles inclui a aparição de Ovnis que sobrevoam o clube de futebol Chelsea e a residência de um ex-ministro do Interior, Michael Howard.

Noutro, um homem contou à polícia que vomitou e adquiriu «um distúrbio de pele» depois de um estranho «tubo de luz» ter envolvido o seu carro no Vale de Ebbw, no País de Gales, no dia 27 de Janeiro de 1977.

Há mesmo um caso filmado em que um Ovni foi visto por polícias de Skegness, no leste da Inglaterra.

Entre estes documentos está ainda presente um memorando que revela como o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill manifestou curiosidade sobre «discos voadores» e pediu um briefing aos seus ministros sobre o assunto.

Um estudo realizado pelos serviços de inteligência em 1951 conclui que a aparição de «discos voadores» podem ter quatro causas - fenómenos meteorológicos ou astronómicos, identificação errada de aeronaves convencionais, ilusão de óptica e delírios psicológicos ou trotes deliberados.

Especialistas defendem que os documentos mostram como os formatos dos Ovnis mudaram nas últimas décadas. A explicação pode estar relacionada com as representações que a cultura popular tinha desses objectos.

Nas décadas de 1940 e 1950, o formato predominante era de disco. Já «no período coberto pelos mais recentes documentos liberados, bombardeiros americanos de formato triangular e aviões espiões Aurora apareciam muito na TV, assim como em programas como Arquivo X e filmes como Independence Day, lançado em 1996, e os relatos de aparições de Ovnis são semelhantes», explica David Clarke, autor do livro «The UFO Files» ao jornal The Daily Telegraph.




TVi 24

NACIONAL - 92 mortos nas estradas portuguesas em 2010...

Os acidentes nas estradas portugueses provocaram desde o início do ano 92 mortos, mais 10 do que em igual período do ano passado, divulgou hoje, sexta-feira, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que reúne informações da PSP e da GNR, indicam que perderam a vida em acidentes rodoviários, entre um de Janeiro e 15 de Fevereiro, 92 pessoas, o que dá uma média de duas vítimas por dia.

No mesmo período de 2009 morreram nas estradas 82 pessoas.

Segundo a ANSR, foi no distrito do Porto que os acidentes provocaram mais mortos (18) desde 01 de Janeiro, seguido do de Lisboa (15) e Braga (9).

Já no distrito de Vila Real não houve vítimas mortais em acidentes nas estradas este ano.

Os dados da ANSR mostram, igualmente, que os feridos graves também aumentaram relativamente ao mesmo período do ano passado, tendo-se registados mais 15 feridos graves. Entre 01 de Janeiro e 15 de Fevereiro ficaram gravemente feridas 267 pessoas, enquanto em período idêntico de 2009 houve 252.

Os feridos ligeiros também aumentaram face a 2009, tendo passado de 4571 para 4737.

Estes dados são apenas relativos ao território continental, não incluindo as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

Os números das vítimas mortais contabilizadas dizem respeito às mortes no local do acidente ou durante o percurso para o hospital. As pessoas envolvidas em acidentes que morrerem nos hospitais nos 30 dias seguintes também passarão a fazer parte das estatísticas da sinistralidade rodoviária relativas a 2010, mas a ANSR só publicará estes números dentro de seis meses.


Jornal de Noticias



REGIONAL/Distrito da Guarda - Delphi vai mandar embora mais 286...

A administração da Delphi comunicou, ontem, quinta-feira, aos sindicatos que vai despedir 286 pessoas faseadamente até final de Maio. São mais cem que o inicialmente previsto, no processo de despedimento colectivo anunciado pela multinacional de cablagens.

"A reunião ultrapassou largamente as nossas previsões mais negativas", admitiu Adelino Nunes, coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas (STIMM), acrescentando que, a partir de 1 de Junho, "a empresa fica com 327 trabalhadores em instalações onde já laboraram mais de 3000".

Até lá, quem for dispensado vai deixar a fábrica da Guarda-Gare por três fases, sendo que a maioria sairá entre 19 e 20 de Abril. O processo ficará concluído no final desse mês e entre 24 e 31 de Maio. A justificação invocada para o aumento das dispensas prende-se com a falta de novas encomendas, o fim de linhas de produção e de produtos que não são rentáveis, estando ainda previsto o regresso de algumas encomendas às fábricas do grupo na Roménia e Marrocos.

Redução "necessária"

"Tinham sido transferidas para a Guarda para nos dar trabalho, como foi o caso da Opel e da Fiat", explica o delegado sindical do STIMM. Vítor Tavares revelou ainda que, na reunião, a administração alegou que a redução "é necessária para a fábrica ser viável com os produtos que se mantêm e com os 327 trabalhadores que ficam, isto com base em estudos que fizeram".

Com instalações agora sobredimensionadas, a Delphi também admitiu que poderá vir a alugar espaço a outras empresas e não descartou a possibilidade de mudar-se para um local mais adequado a essa nova realidade. "É uma hipótese que não foi fechada, tudo dependendo das necessidades da empresa e das condições do mercado", adiantou Adelino Nunes.

A administração comprometeu-se, ainda, a assegurar "a manutenção mínima e necessária para poder arrancar de imediato com a produção de novas encomendas no caso do mercado automóvel voltar a crescer", declarou.

Entretanto, ficou agendada para 4 de Março uma nova reunião para se iniciar o processo negocial com vista aos despedimentos. Tudo indica que as indemnizações acordadas no ano passado - dois meses por cada ano de trabalho - vão manter-se. Em Dezembro, a Delphi despediu 315 trabalhadores.

Jornal de Noticias

REGIONAL/Distrito de Viseu - Carros antigos, Clássicos e Vespas juntaram-se em Desfile...

Realizou-se no Concelho de Castro Daire o V Convívio de Desfile de Carros Antigos, Clássicos e Vespas de Castro Daire.

Este Desfile, como é já habitual, decorreu no dia de Carnaval. A caravana deste ano teve uma adesão muito significativa, contanto com a participação de mais de 60 viaturas automóveis e cerca de 20 Vespas, oriundas de vários pontos da região.

Aproveitando o espírito folião do Carnaval, este V Desfile de Carros Antigos, Clássicos e Vespas foi, acima de tudo, um convívio de amizade, partilha e onde reinou sempre a boa disposição e a Festa.

Quem marcou presença nesta iniciativa foi o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Castro Daire, Senhor Fernando Carneiro, que integrou a caravana num dos automóveis participantes acompanhado pelos Senhores Vereadores, Dr. Rui Braguês e Senhor Eurico Moita.

A caravana percorreu algumas das Freguesias do Concelho tendo alguns pontos de paragem para confraternização dos participantes e do muito público que também se quis associar a este convívio num clima de partilha e de boa disposição.

Este encontro não reuniu apenas os amantes do Desporto Automóvel mas muitos outros participantes que deram uma maior dimensão a este evento, tendo a maioria das viaturas participantes vários ocupantes o que aumentou largamente o número de pessoas envolvidas em relação às edições anteriores.

A Caravana teve a sua partida nas Termas do Carvalhal e passou pelas Freguesias de Mamouros, Alva, Castro Daire, Ribolhos, Mões e Moledo. Na passagem pelas diversas Freguesias os locais de paragem foram em Castro Daire, Mões, Lamas e finalmente na Moita.

Nestes locais de paragem houve espaço para um lanche em cada uma delas, gentilmente proporcionado pelas autarquias locais, onde uma mesa recheada foi, mais uma vez, o móbil para o convívio e a confraternização entre os participantes e as pessoas das referidas aldeias.

Para finalizar a Festa, a Organização do evento preparou um jantar convívio no final do percurso que foi servido no largo da Aldeia da Moita para todos os participantes. Aos participantes juntaram-se ainda amigos e colaboradores, aumentando ainda mais o espírito de Festa que impulsionou toda esta iniciativa, atingindo uma moldura humana muito significativa.

Os organizadores mostraram-se muito satisfeitos, quer com o número de participantes que aderiram, quer com a forma como decorreu todo o evento, deixando o agradecimento para todos aqueles que contribuíram para o sucesso desta iniciativa.

Da parte de todos foram formulados votos para que esta iniciativa continue a realizar-se e a crescer de forma a englobar cada vez mais participantes, tornando-se numa referência do Desporto Automóvel da própria região.


Viseu Mais


LOCAL - Obras na Alberto Sampaio avançam até ao final do mês ...

A Câmara Municipal de Viseu reuniu ontem com moradores e comerciantes da Avenida Alberto Sampaio, uma das principais artérias da cidade e onde funciona, por exemplo, o Governo Civil. Tratou-se do quinto encontro promovido pelo município e teve como objectivo dar a conhecer todos os aspectos da requalificação daquela via e os prazos definidos com a empresa responsável pelas obras.
O vice-presidente da autarquia, Américo Nunes anunciou que os trabalhos, com um prazo de execução de 300 dias, deverão ter início ainda antes do final do mês. O autarca referiu que a obra será levada a cabo por fases e de modo a permitir que seja possível aos transeuntes circular, pelo menos, por um dos lados do passeio, e aos automobilistas usar uma das duas actuais vias, para que a avenida nunca esteja encerrada à circulação.
Para que isso seja possível as valas, que terão de ser necessariamente abertas para permitir a substituição de todas as infra-estruturas, entre as quais, gás natural, electricidade, telecomunicações e rede de saneamento básico, será feitas nos locais destinados actualmente ao estacionamento de viaturas.
Quanto à intervenção, realizada no âmbito do Programa de Regeneração Urbana candidatado pela Câmara à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Américo Nunes explicou que os passeios serão alargados, mas que, apesar disso, será mantido o estacionamento longitudinal em ambos os lados da avenida, além de duas faixas para a circulação dos automóveis.
No que diz respeito a este último aspecto, adiantou que ainda não está decidido se será mantida a circulação em ambos os sentidos ou se será definido apenas um. "Será feita uma avaliação no decorrer das obras, de modo a escolher a melhor opção para todos", esclareceu.
A requalificação prevê ainda a colocação de novos braços públicos de iluminação e de mobiliário urbano.
No final, a Avenida Alberto Sampaio - uma das artérias com mais comércio da cidade - ficará com um aspecto mais moderno e será dado mais importância aos transeuntes. Para tal contribuirá também a elevação do piso da avenida até à altura dos passeios junto à Igreja dos Terceiros, dando a todo aquele troço um aspecto muito mais pedonal.

Diário Regional


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

IMPRENSA /Portugal Primeira pagina...
























































INTERNACIONAL - Tornado ameaçou família e quinta na Austrália...

Após comprar uma casa, ou antes uma propriedade agrícola, onde tinha investido milhares num sistema de rega, uma família viu um tornado quase destruir o seu investimento.





RTP

NACIONAL - Náufragos em Viana do Castelo são irmãos...

foto José Mota/JN
Náufragos em Viana do Castelo são irmãos

Um naufrágio de um barco de pesca tradicional fez, hoje, quinta-feira, um morto e um desaparecido junto à costa de Viana do Castelo. Segundo apurou o JN, os dois homens eram irmãos.

O alerta foi dado às 9:08 por um pescador desportivo que terá visto pessoas dentro de um barco, perto da zona de rebentação, na zona da Areosa, em Viana do Castelo. O homem terá reparado depois que o barco se tinha virado.

Os dois irmãos andavam à pesca do robalo. João Rui Vale, de 56 anos, encontra-se ainda desaparecido, enquanto o corpo de António Vale, de 50 anos, foi já transportado para a morgue de Viana do Castelo, após ter dado à costa, em Portinho da Vinha, numa frente de mar rochosa

Um pescador disse que "os envolvidos no acidente eram pescadores desde sempre, muito experientes, embora com frequência arriscassem demasiado para levarem a vida".

foto JOsé Mota/JN
Náufragos em Viana do Castelo são irmãos
Embarcação virou e deu à costa

A Força Aérea disponibilizou um helicóptero que está a participar nas buscas pelo pescador desaparecido.

A Polícia Marítima, com dois barcos semi-rígidos, os Bombeiros Municipais e Voluntários de Viana do Castelo e a GNR participam também nas operações.

Espera-se ainda pela colaboração de um navio patrulha da Marinha nas operações de busca.

Segundo o JN conseguiu apurar junto das autoridades locais, o barco era português e estava registado em Vila Praia de Âncora.

Jornal de Noticias

REGIONAL/Distrito da Guarda - Dia decisivo para...

Dia decisivo para os cerca de 185 trabalhadores incluídos no processo de despedimento colectivo da Delphi da Guarda e que está previsto deixarem a empresa no primeiro trimestre deste ano.

A administração reúne esta tarde com os sindicatos, numa altura em que ainda não foram entregues as cartas de despedimento, sendo que a lei estabelece que tenham que ser entregues com 60 dias de antecedência.

"No caso dos despedimentos anunciados se verificarem em Março, o normal seria que a empresa já tivesse enviado as cartas em Janeiro, o que não aconteceu. Mas não temos indicação sobre quais as intenções da administração relativamente a estas pessoas", adianta Vítor Tavares. No entanto, o delegado do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas (STIMM) acrescenta que se a Delphi não cumprir aquele prazo sempre poderá pagar "o tempo correspondente". De resto, foi assim com os 15 funcionários que em Dezembro saíram juntamente com os primeiros 300 dispensados deste despedimento colectivo anunciado em Maio do ano passado.

Uma das explicações para esta situação poderá estar relacionada com o prolongamento até Abril de uma das linhas de produção que era suposto terminar em Março. "O resto são rumores", refere o sindicalista, escusando-se a comentar alegados problemas com cablagens saídas de uma fábrica da Roménia e cujo fabrico poderia ser transferido para a Guarda. "Nestes últimos anos tem sido mais habitual mudar produção para aquele país e para Marrocos. Mas esperemos que o contrário aconteça, tal como em 2007, quando uma encomenda da Opel adiou os despedimentos", recorda Tavares.

No entanto, o delegado do STIMM não esconde que o momento não é de optimismo na Guarda-Gare. "Há trabalho para quem lá está actualmente, mas ainda não temos informação sobre novas encomendas para depois de Março", avisa. Contactada pelo JN, fonte do gabinete de relações públicas da Delphi Portuguesa referiu que a administração não faz "qualquer comentário" relativamente à fábrica da Guarda. A multinacional anunciou, em Outubro, a intenção de despedir 500 pessoas até Março de 2010. Os primeiros 315 saíram no final de Dezembro.

Jornal de Noticias

REGIONAL/Distrito de Viseu - Homem perde três dedos num acidente de trabalho ...

Os Bombeiros Voluntários de Tondela foram ontem, a meio da tarde, chamados para socorrer um homem que ficou gravemente ferido enquanto operava uma máquina, numa empresa em Nandufe, concelho de Tondela. De acordo com o 2.º comandante da corporação tondelense, Rui Coimbra, a vítima ficou sem dois dedos e um terceiro ficou em muito mau estado. O homem foi transportado para o Hospital de S. Teotónio de Viseu, acompanhado pelos dois dedos amputados, que foram devidamente acondicionados pelos bombeiros.

Diário Regional

LOCAL - Bispo de Viseu recomenda a leitura da Bíblia pelos cristãos ...

"O centro e o fundamento da verdade para o cristão é a Palavra de Deus, que está contida em 73 livros coligidos na Bíblia, escrita ao longo de vários séculos". Foi assim que D. Ilídio Leandro, bispo de Viseu, se referiu à 'III Semana Bíblica da Diocese de Viseu', que se realiza entre os próximos dias 22 e 26, no Centro Pastoral Diocesano.

É que entre outros objectivos, a 'Semana Bíblica', que contará com a presença de D. António Couto, bispo auxiliar de Braga, pretende ser um contributo para o desenvolvimento da pastoral bíblica na Diocese de Viseu e que passa por haver uma Bíblia em cada família, um grupo orante em cada paróquia...

D. Ilídio Leandro aponta, neste quadro, que "é fundamental dar a conhecer a Palavra de Deus que nos é dada a conhecer ao longos dos tempos pela Bíblia", afinal "a expressão da Sua vontade junto dos homens", pelo que "em cada paróquia deverá haver a leitura e a oração do texto bíblico".

No fundo, "é o anunciar de uma mensagem revolucionária, que nos fala de Amor, de Justiça, de Solidariedade e de outros valores que dão sentido à própria vida", especificou o bispo da Diocese de Viseu, D. Ilídio Leandro acentuou, a propósito: "Ela muda o entendimento da partilha da vida, na medida em que a acção de Jesus Cristo valorizou, por vontade do Pai, a doação da sua vida pelos irmãos, que é posta em primeiro lugar."

Esse "é o apelo feito para que cada cristão encontre a sua Fé, uma História de Fé em Deus e de amor pelos outros".

Diário Regional

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

IMPRENSA /Portugal Primeira pagina...
























































INTERNACIONAL - Indonésia prepara visita de Obama...

Soldados indonésios demonstraram as suas habilidades numa parada, durante uma cerimónia, antes da visita do presidente Barack Obama, planeada para o próximo mês.

As forças armadas dos EUA e da Indonésia vão colaborar para garantir a segurança do presidente norte-americano.

VEJA AS IMAGENS

TVi 24

NACIONAL - Casa Pia: os casos resolvidos...

O escândalo de pedofilia na Casa Pia de Lisboa surpreendeu o país em 2002 e deu origem a mais de duas dezenas de queixas em tribunal.

O mega-processo, que juntamente com o caso de Joel, o aluno que fez a queixa que desencadeou tudo, está em julgamento há cinco anos e não há previsões para terminar. Pelo meio, segundo fontes ligadas ao processo contactadas pelo tvi24.pt, 21 processos foram a tribunal e já tiveram sentença. Até hoje, os alunos e ex-alunos da instituição, nunca perderam.

Dos casos já julgados sete estão relacionados com abusos sexuais envolvendo alunos da instituição, outro com maus tratos também a alunos e, por fim, a maioria por difamação e falsas declarações contra as principais testemunhas do mega-processo e Catalina Pestana, ex-provedora da Casa Pia.

Um dos casos de abusos sexuais ficou conhecido como «O processo do Parque» e tinha onze arguidos, identificados por seis vítimas, sendo que apenas dois eram menores institucionalizados na Casa Pia. Este era também um caso de grande complexidade, que começou a ser julgado depois do mega-processo e já teve sentença.

Aliás, recorridas todas as instâncias judiciais com recursos, por parte dos arguidos do «Processo do Parque», foi determinada a leitura de uma nova sentença, que terminou, novamente, com a condenação de todos os arguidos. Decorrem, agora, os prazos normais dos novos recursos.

Mas aos processos de crimes sexuais juntaram-se os de difamação e falsas declarações. Paulo Pedroso, por exemplo, interpôs duas queixas contra os seis jovens que referiram os seu nome: uma pelo o seu depoimento na fase de inquérito e outra pelo depoimento já em sede de julgamento. Não ganhou nenhum, nem os recursos.

Também Ferro Rodrigues acusou dois jovens por difamação, mas também ele perdeu em todas as instâncias. O mesmo aconteceu com Jaime Gama que apresentou queixa contra um ex-aluno da Casa Pia.

A ex-provedora, Catalina Pestana depois de reproduzir em tribunal declarações de alunos e ex-alunos da Casa Pia, foi visada em diversas queixas, por difamação e falsas declarações, mas tal como os alunos ex-alunos, venceu sempre.

O único processo a quem foi dada razão ao queixoso, foi no caso do pedido de indemnização cível, apresentado por Paulo Pedroso, devido a «prisão ilegal», contra o Estado português. Mesmo assim, o recurso apresentado pelo Ministério Público, ainda aguarda resposta do Tribunal da Relação de Lisboa.

As mais de 20 queixas contabilizadas pelo tvi24 não incluem os recursos habituais apresentados por uma ou ambas as partes. Se tivessem sido incluídos o número de decisões judiciais ultrapassava largamente as 50.

Aqui também não está incluido a acusação mais recente, que terminou com dois arguidos e a apreensão de mais de três mil filmes de pornografia infantil.

Enquanto isso, o mega-processo aguarda decisão do colectivo de juízes, ao pedido dos arguidos para serem ouvidas novas testemunhas devido à alteração de factos da pronúncia. Um procedimento normal, apesar do elevado número de pessoas que os réus querem trazer a audiência. A título de exemplo, o ex-embaixador Jorge Ritto, que pouco falou no decorrer do julgamento, quer chamar a depor mais 200 testemunhas.

Já com 452ª audiências realizadas, no próximo dia 19 de Fevereiro, deverá ser conhecida a decisão dos magistrados.

TVi 24

REGIONAL/Distrito da Guarda - Vales do Zêzere e Côa, Parques da Estrela e Malcata e Douro Internacional são pré-finalistas ...

O Vale Glaciar do Zêzere, no concelho de Manteigas, e o Parque Natural da Serra da Estrela seguem em frente na eleição das “7 Maravilhas Naturais de Portugal”, a que se juntam, entre outros lugares, a Reserva da Serra da Malcata, o Vale do Côa e o Douro Internacional.

O Vale Glaciar do Zêzere, na categoria de “Grandes Relevos”, o Parque Natural da Serra da Estrela (Zonas Protegidas), a Reserva Natural da Serra da Malcata (Florestas e Matas), o Vale do Côa (Zonas Aquáticas Não Marinhas) e o Douro Internacional (Zonas Protegidas e Zonas Aquáticas Não Marinhas) estão entre os 77 pré-finalistas no âmbito do concurso “7 Maravilhas Naturais de Portugal”.

A lista foi divulgada no domingo passado, dia 7, pela New 7 Wonders Portugal, entidade responsável pela iniciativa. A partir de uma longa lista de 323 candidaturas foram seleccionadas as 77 pré-finalistas (11 por cada uma das sete categorias). A escolha das belezas naturais foi feita por um painel de especialistas, representantes das várias áreas científicas e com representatividade geográfica nacional.

O passo seguinte é a definição dos 21 finalistas (três por cada categoria), que serão conhecidos a 7 de Março e que depois serão apresentados para votação pública, que decorrerá até ao dia 7 de Setembro deste ano. As vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos em cada categoria e não serão eleitas mais do que duas maravilhas por região.

Segundo a organização, na lista de 21 maravilhas finalistas terá que estar presente, no mínimo, um finalista de cada uma das sete regiões do País: Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira. Desta forma, a New 7 Wonders Portugal assegura a representatividade geográfica.

Confirmação do que de melhor existe em Portugal

A ministra do Ambiente e Ordenamento do Território salienta que a iniciativa das 7 Maravilhas Naturais de Portugal “acontece quando se assinala o Ano Internacional da Biodiversidade”. Dulce Pássaro adianta que “é objectivo do Ministério do Ambiente alertar todos para a importância deste tema, pois a perda de biodiversidade a médio e longo prazo vem traduzir-se na perda da nossa qualidade de vida”, referindo que as Maravilhas “confirmam o que de melhor existe em Portugal do ponto de vista paisagístico e de biodiversidade".

Sensibilização para a necessidade de preservar

O presidente New 7 Wonders Portugal, Luís Segadães refere que a eleição das “7 Maravilhas Naturais de Portugal” pretende “sensibilizar os portugueses para a necessidade de preservar o património natural do nosso País”. “O objectivo deste novo projecto não se resume ao interesse meramente estético das belas paisagens do nosso país, mas será antes, uma forma de divulgar para poder preservar”, frisa.

Porque 2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade, Luís Segadães afirma que este projecto “vem reforçar um movimento ambientalista que cresce a nível global e pretende ser uma referência no contributo para a sustentabilidade ambiental no nosso país”. “Todos os locais candidatos beneficiam ao fazer parte deste projecto, principalmente ao nível da preservação ambiental. Tal como refere o mote da nossa campanha, para podermos preservar alguma coisa temos primeiro que a conhecer”, acrescenta.

Maior visibilidade ao património natural

Também Francisco Ferreira, da Quercus, sublinha a importância da iniciativa, por dar “um maior protagonismo e visibilidade ao património natural e à conservação da natureza, áreas que em termos de prioridade têm sido esquecidas por sucessivos Governos e também pela população”. “Pensamos que a iniciativa irá aproximar as pessoas do território, permitir-lhes perceber as características únicas de habitats, os serviços que eles prestam em termos económicos, nomeadamente para o turismo, para o lazer, mas também no fornecimento directo ou indirecto de alimentos, na protecção dos recursos hídricos ou na assimilação de dióxido de carbono e, de uma forma geral, na manutenção de um equilíbrio essencial entre as actividade humanas e os ecossistemas”, conclui o mesmo responsável.

Sete categorias

São consideradas “Maravilhas Naturais de Portugal”, os monumentos naturais em território nacional que contenham um ou mais aspectos de raridade ou representatividade em termos ecológicos, estéticos, científicos e culturais. Os pré-finalistas são organizados em sete categorias, que representam a diversidade paisagística de Portugal: “Grutas e Cavernas”; “Praias e Falésias”; “Florestas e Matas”; “Grandes Relevos”; “Zonas Aquáticas não Marinhas”; “Zonas Protegidas” e “Zonas Marinhas”.

Nova Guarda


REGIONAL/Distrito de Viseu - Neve cobriu região com manto branco e criou caos nas estradas ...

A neve que caiu com grande intensidade na região provocou o caos nas principais estradas do distrito, obrigou ao corte de muitas vias secundárias e municipais e chegou mesmo a isolar algumas localidades, principalmente no concelho de Vouzela

Várias estradas foram cortadas ao trânsito no distrito de Viseu devido à neve que caiu durante a noite de domingo e grande parte do dia da passada segunda-feira.
De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro, não se circulou na Estrada Nacional (EN) 230, entre o Caramulo e Águeda, e na municipal 1056, que liga o Caramulo a Caselho. Mais a norte, foram cortadas a estrada municipal 550, entre Resende e Bigorne, e a EN 229-1, entre Antas e Penedono. A neve impediu também a circulação nas estradas municipais 581, entre Fontainhas e Ferreira d'Aves (Sátão), e 514, entre Aldeia Nova e Pêra Velha (Moimenta da Beira).
Em Viseu, os automobilistas foram obrigados a reduzir drasticamente a velocidade para poderem circular em segurança na cidade e apenas se registaram acidentes com danos materiais, devido a alguns despistes. As situações mais complicadas verificaram-se nos concelhos vizinhos da zona de Lafões

Aldeias isoladas
em Vouzela
A queda de neve que caiu com grande intensidade isolou algumas aldeias da serra do Caramulo, bloqueou acessos à A25 e levou a Câmara Municipal de Vouzela a solicitar um limpa neves.
De acordo com o vice-presidente da Câmara de Vouzela, Rui Ladeira, as povoações afectadas foram as de Alcofra, Campia, Carvalhal, parte da freguesia de Ventosa, Cambra e de Fernão Monte, onde durante a manhã não existiam condições de circulação rodoviária.
Os serviços camarários e os bombeiros foram obrigados a "espalhar sal nos acessos principais" que, nalguns casos, acumularam cerca de 20 centímetros de neve, e nas vias de passagem para algumas empresas.
As estradas viradas à Serra do Caramulo foram cortadas, o que levou a câmara a activar os "funcionários afectos às juntas de freguesia" para realizar uma "distribuição de comida às instituições de solidariedade social", precisou Rui Ladeira, acrescentando que a Câmara recebeu dezenas de pedidos de apoio de pessoas que estavam paradas nas viaturas ao longo das estradas do concelho.
A situação só começou a melhorar a meio da tarde, quando parou de nevar.

Plano contra o frio
Portugal poderá adoptar em breve um plano de contingência contra o frio, que mata mais do que o calor, tal como dispõe desde 2004 para as altas temperaturas.
De acordo com o chefe da Divisão de Saúde Ambiental da Direcção Geral de Saúde (DGS), Paulo Diegues, a criação de um plano de contingência contra o frio "poderá vir a ser equacionada", estando a mesma dependente dos recursos que são necessários.
Paulo Diegues lembrou que as habitações portuguesas não estão adaptadas às baixas temperaturas e que esta poderá ser uma das razões para as mortes devido ao frio.
"As casas estão adaptadas a um clima temperado e não ao frio persistente", adiantou.
O especialista em saúde ambiental sublinhou que é muito difícil perceber quando é que se morre de frio ou se a morte se deveu a "factores de confundimento" e que normalmente acontecem nesta altura do ano, como a gripe.

Mau tempo
até domingo
De acordo com o Instituto de Meteorologia, o mau tempo irá manter-se, pelo menos, até domingo. As temperaturas continuarão baixas e a neve também deverá continuar a cair.
Para hoje, prevêem-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros, que serão de neve acima dos 1.200 metros e vento fraco a moderado (10 a 30 km/h), que será moderado a forte (30 a 45 km/h) nas terras altas. Amanhã, o céu apresentar-se-á muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde. Haverá períodos de chuva ou aguaceiros e queda de neve acima dos 1.000 metros.
No que diz respeito às temperaturas, a máxima não deverá superar os 8ºC e a mínima rondará 1ºC.


Diário Regional


LOCAL - A falta do visto do Tribunal de Contas e o mau tempo são...

A falta do visto do Tribunal de Contas e o mau tempo são os responsáveis pela paragens das obras de requalificação do Parque Aquilino Ribeiro, mais conhecido pelo Parque da Cidade, segundo informou a Câmara Municipal

"Estamos a aguardar o visto do Tribunal de Contas desde 10 de Dezembro do ano passado", explicou ao nosso Jornal Américo Nunes, vice-presidente da Câmara de Viseu, quando questionado sobre a ou as razões da paragem das obras do Parque Aquilino Ribeiro - mais conhecido por Parque da Cidade.
Frisou que "a Câmara tem prestado todos os esclarecimentos solicitados pelo Tribunal de Contas". Recordou que o custo das obras de requalificação orça os 1,5 milhões de euros e que o autor do projecto é o arquitecto Viana Barreto, que foi quem idealizou o Parque da Cidade.
Uma outra razão avançada por Américo Nunes para que as obras estejam paradas tem a ver com o mau tempo: "O empreiteiro tem a obra suspensa, devido às fortes chuvadas que têm caído e que estão a dificultar o prosseguimento dos trabalhos", justificou o autarca.
Interrogado sobre para quando está previsto o recomeço das obras, o autarca respondeu que "o município continua a aguardar pelo visto do Tribunal de Contas". E concluiu, sem adiantar mais nada: "Vamos ver no dá."
Recorda-se que a intervenção tem como finalidade conferir àquele espaço mais dinamismo. A água terá um papel importante na "reinterpretação" daquela zona verde, desenhada há mais de meio século pelo mesmo homem que agora assina o projecto, o arquitecto Viana Barreto, como já o havíamos salientado.
Entre os trabalhos previstos está o alargamento do parque infantil, a definição de um espaço para eventos culturais e o desbaste da vegetação.

Parque é uma
"sala de espectáculos"
Entre as alterações previstas está também o aumento do número de acessos e caminhos, a substituição do piso, a introdução de movimento na água, através de uma ligação entre a fonte junto à saída para a Escola Secundária Alves Martins, até aos dois lagos que serão construídos e a construção de um restaurante panorâmico, com um telhado em leque e coberto por vegetação, e de um bar com esplanada sobre um dos espelhos de água.
Outro dos objectivos de Viana Barreto é a integração da Igreja dos Terceiros no parque em vez de ser vista ver como um edifício isolado. No que diz respeito ao desbaste da vegetação, o arquitecto propõem uma acção "ponderada", já que na sua opinião a diversidade arborícola do Parque Aquilino Ribeiro é tão valiosa como as pinturas de Grão Vasco.
É preciso não esquecer que, nos últimos anos, o Parque da Cidade tem vindo a ser utilizado cada vez mais pela autarquia como "sala de espectáculos", tendo sido o local escolhido para a transmissão em ecrã gigante dos jogos da selecção portuguesa nos campeonatos da Europa e do Mundo de futebol.
Além disso, recebe no Verão aos domingos, as 'Manhãs Desportivas', evento que convida todos os viseenses a realizarem exercício físico ao ar livre.

Diário Regional

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

IMPRENSA /Portugal Primeira pagina...
























































INTERNACIONAL - Chuvas engolem povoação na Sicília...

Um enorme deslizamento de terras varreu do mapa parte da localidade de San Fratello, no sul da Itália. Mais de metade da população foi retirada devido ao perigo que as imagens documentam.

As imagens demonstram a dimensão dos vários deslizamentos que atingiram a localidade de San Fratello no sul da Itália. Cerca de 2 mil pessoas viram-se mesmo forçadas a sair das suas habitações e as autoridades locais já decretaram o estado de emergência.

Os deslizamentos foram causados pelo mau tempo que tem atingido a localidade nos últimos dias, principalmente a chuva intensa que já causou danos significativos em habitações, escolas e até em igrejas. Ainda assim, a população foi retirada a tempo de casa e não há registo de vitimas mortais causadas pelos deslizamentos

San Fratello situa-se a 546 metros de altura sobre uma colina de 800 metros de altura.

TVi 24

NACIONAL - Norte mais afectado pelo desemprego em 2009...

O Norte foi a região portuguesa mais afectada no último ano pelo drama do desemprego, sofrendo taxas superiores a 10 por cento desde o início de 2009.

A região tem sido afectada por sucessivos encerramentos de fábricas e empresas no último ano, que fizeram disparar os níveis de desemprego em 2009.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), no primeiro trimestre, o Norte tinha já uma taxa de desemprego 10,1 por cento, no segundo trimestre de 10,5 por cento e no terceiro trimestre era já de 11,6 por cento.

Segue-se Lisboa e Algarve, que entre Junho e Setembro alcançaram taxas de desemprego de 10,3 por cento, e o Alentejo, que chegou aos 10,2 por cento.

No centro, a taxa verificada no último trimestre disponível foi de 7,2 por cento, enquanto na Madeira foi de 7,9 por cento e nos Açores de 6,2 por cento.

Os números do desemprego para o 4.º trimestre são conhecidos na quarta feira, com o Instituto Nacional de Estatística (INE) a divulgar as estatísticas do emprego para Portugal.

Dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) conhecidos em Janeiro demonstram que o aumento de desemprego observou-se em todas as regiões do país em Dezembro, tanto face ao mesmo mês de 2008, como em relação a Novembro, com a região do Algarve a registar as maiores subidas.

Os desempregados inscritos nos centros de emprego do Algarve aumentaram 17,5 por cento em Dezembro, face ao mesmo mês de 2007, e 8,9 por cento, em relação a Novembro de 2008.

O desemprego registado cresceu menos nos Açores, quando comparada observada a taxa de variação homóloga (2,1 por cento, e no Alentejo, usando a taxa de variação mensal (1,1 por cento).

No Norte, a região do país que concentra o maior número de desempregados (44,2 por cento do total), ocorreu um crescimento homólogo de 5,9 por cento e uma subida mensal de 1,3 por cento.

Jornal de Noticias


REGIONAL/Distrito de Viseu - Neve isola aldeias em Vouzela...

A queda de neve isolou algumas aldeias da serra do Caramulo, bloqueou acessos à Auto-estrada 25 (A25) e levou a Câmara Municipal de Vouzela a solicitar um limpa neves, disse hoje à Lusa o vice-presidente da autarquia.

As povoações de “Alcofra, Campia, Carvalhal, parte da freguesia de Ventosa, Cambra e de Fernão Monte estão isoladas e não existem condições de circulação rodoviária”, os bombeiros estão a rebocar viaturas, e já se registaram vários acidentes rodoviários, adiantou o vice-presidente de Vouzela, Rui Ladeira.

O autarca afirmou à agência Lusa que os serviços camarários e os bombeiros estão a “espalhar sal nos acessos principais” que, nalguns casos, acumularam já cerca de 20 centímetros de neve, e nas vias de passagem para algumas empresas.

Viseu Mais

LOCAL - José Cesário apoia candidatura de Pedro Passos Coelho...

José Cesário

O líder distrital do PSD de Viseu defendeu hoje que a candidatura de Pedro Passos Coelho à liderança dos sociais democratas é a que reúne mais condições para alcançar a liderança do partido, avançou a TVI24.

José Cesário aponta duas razões para a sua escolha: «Penso que Passos Coelho conseguirá protagonizar a união do partido, para além de ter mais condições para criar expectativas nos mais jovens e também no sector empresarial», sustentou o social-democrata.

José Cesário sublinhou que «a distrital não assume posição formal», no entanto, enquanto militante apoia a candidatura de Passos Coelho.

Para o político de Viseu «há uma enorme necessidade de mudança no partido, de um novo estilo de liderança», sendo necessário que se «opte pela melhor solução possível, para assim o PSD se poder constituir como uma alternativa válida».

José Cesário acrescentou ainda que «não está em causa a competência dos outros candidatos» mas que lhe parece que Pedro Passos Coelho «é a pessoa que reúne mais condições para liderar o partido».

Viseu Mais