So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Cientistas descobrem nova fonte hidrotermal ao largo do Pico

Uma missão de cientistas alemães, franceses e portugueses descobriu uma nova fonte hidrotermal ao largo da ilha do Pico, revelou Ricardo Serrão Santos, director do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores.

Esta nova fonte hidrotermal, a que foi dado o nome «Bubbylon», foi descoberta durante uma missão realizada pelo navio de investigação alemão «Meteor», numa expedição liderada por cientistas do Marum Center for Marine Environmental Sciences e do Max Planck Institute for Marine Microbiology, em que também participam investigadores da Universidade dos Açores.

Ricardo Serrão Santos destacou a importância desta nova fonte hidrotermal para o desenvolvimento de estudos científicos sobre o mar profundo, acrescentando que «há indícios de que existem mais fontes hidrotermais» no mar dos Açores.

A «Bubbylon», descoberta a cerca de 500 quilómetros a sudoeste da ilha do Pico, é composto por oito «pontos quentes, com «chaminés até um metro de altura e fluídos com mais de 300 graus centígrados».
Segundo os relatos dos cientistas envolvidos na missão, naquela área «abundam tapetes brancos de bactérias filamentosas, camarões e caranguejos hidrotermais, além de áreas completamente revestidas de pequenos mexilhões».

Os investigadores decidiram dar o nome de «Piquinho» a um dos pontos quentes descobertos na nova fonte hidrotermal, numa alusão ao topo da Montanha do Pico, recentemente declarada como uma das Sete Maravilhas Naturais de Portugal.

A nova zona hidrotermal submarina foi descoberta graças à utilização de uma sonda acústica de última geração, instalada a bordo do navio «Meteor», que permitiu detectar «plumas e bolhas de gás» na coluna de água, a apenas cinco quilómetros da conhecida fonte hidrotermal «Menez Gwen».

Depois de terem deparado com os indícios de uma possível nova fonte hidrotermal no local, os cientistas lançaram ao mar um submersível controlado remotamente, denominado «Marum-Quest», para documentar a existência de chaminés e a fauna ao longo da Crista Média Atlântica.

Os cientistas alemães que lideraram esta missão em águas açorianas já descobriram mais cinco locais com plumas de gás na coluna de água, o que poderá indiciar a existência de mais fontes hidrotermais nas proximidades.

A bordo do «Meteor» estão desde 6 de Setembro, três dezenas de cientistas alemães, franceses e portugueses, numa missão que tem como objectivo descobrir novas fontes hidrotermais ao largo dos Açores.

TVi24

Sem comentários: