So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Os 10 episódios mais insólitos do ano

- Uma mulher agrediu uma funcionária do McDonalds em Toledo, nos EUA, porque não havia nuggets. O vídeo fala por si.

- Garron Lewis, de Milwaukee, nos Estados Unidos, matou a mulher porque ela atendeu o telefone enquanto estavam a fazer sexo.

- Uma jovem britânica quase sufocava o namorado com os seios enquanto tinham relações sexuais. Cada peito de Claire Smedley pesa mais de seis quilos...

- Um site islandês colocou à venda cinzas do vulcão Eyjafjallajoekull, que afectou o tráfego aéreo europeu durante meses. 160 gramas custavam pouco mais de 83 euros.

- Audrey Scott ligou para o 112 à procura de um marido. A mulher do estado de Ohio ligou não uma nem duas, mas cinco vezes para o número de emergência, bradando «Arranjem-me um marido!».

- Um empregado de limpeza de um hotel paquistanês encontrou 40 mil euros, deixados num quarto por um hóspede japonês, e devolveu o dinheiro ao dono. Já não há muitas pessoas assim!

- Um homem de 35 anos passou cinco anos com uma bala na cabeça porque se esqueceu que foi baleado numa festa em que estava bêbado. Para a próxima, beba um copo a menos.

- Um ladrão de Penang, na Malásia, assaltou uma casa, mas adormeceu no sofá enquanto segurava relógios e jóias que valiam quase 2 500 euros. Os proprietários da habitação encontraram-no e chamaram a polícia, que prendeu o assaltante adormecido.

- Uma esquadra de polícia britânica vendeu objectos apreendidos, cujos donos não apareceram no espaço de três meses. Entre eles cuecas usadas que foram prova em crimes já resolvidos e que agora ajudam a esquadra a equilibrar as finanças. A questão é: quem as quereria comprar?

- O padre da igreja Medalha Milagrosa, em Trujillo, no Peru, foi apanhado na cama pelo marido da mulher com quem mantinha relações sexuais, que decidiu filmar o acto. O vídeo foi parar ao YouTube.

TVi24

Sem comentários: