So faltam meses, dias, horas, minutos, e segundos para o ano 2012

Madeleine

Banner1
Click here to download your poster of support

Radio Viseu Cidade Viriato

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Filipinas: actor confundido com assassino real foi morto a tiro

Um actor que se fazia passar por um homem mascarado com uma arma num filme britânico foi morto a tiro nas Filipinas após ter sido confundido com um verdadeiro assassino, indicou fonte da polícia das Filipinas, citada pela agência Lusa.

O vigilante Eddie Cuizon terá tentado deter o actor filipino Kirk Abella no final de sábado, matando-o a tiro quando a sua moto se afastava do local, com um condutor também com uma máscara que lhe tapava a face.
Cuizon, de 52 anos, disse à polícia que estava a dormir quando foi alertado por um cidadão apreensivo que lhe indicou a presença de um homem armado na comunidade.

O vigilante disse à polícia que viu dois homens mascarados numa moto e aproximou-se dos dois mas eles fugiram de moto, tendo caído quando os perseguia, lesionando o seu joelho.

Eddie Cuizon diz que apenas disparou sobre o actor quando este puxou de uma arma de fogo, que afinal era de plástico, explicou o chefe da polícia de Cebu, do distrito de Parian, Alexis Relado.

Nos últimos tempos, têm-se sucedido vários assassinatos nas Filipinas, incluindo contra ativistas políticos e jornalistas, perpetrados por homens armados que se faziam transportar por motos.

Kirk Abella tinha 32 anos e estava na altura a actuar para a rodagem do filme «Going Somewhere», que estava a ser filmado pelo britânico Alan Lyddiard, diretor de cinema e teatro.

A cena em que o actor foi morto era suposto ser a última de um tiroteio, disse a polícia.

O actor acabou por falecer no hospital mais tarde, e o atirador entregou-se de imediato à polícia.

Vários vigilantes voluntários nas comunidades têm ajudado a polícia a manter a paz nas Filipinas, patrulhando as ruas e implementado recolheres obrigatórios. Estes estão normalmente armados com bastões, mas não deveriam ter na sua posse armas de fogo.

TVi24

Sem comentários: